segunda-feira, 10 de junho de 2013

Os três ingredientes do sucesso na vida do crente


 

TEXTO BÍBLICO - Amados irmãos, abram suas bíblias no livro histórico de Números, capítulo 33, onde leremos os versículos de 50 até o 53 – “Nas campinas de Moabe, junto ao Jordão, frente a Jericó, o Senhor disse a Moisés: 51 “Diga os israelitas: Quando vocês atravessarem o Jordão para entrar em Canaã, 52 expulsem da frente de vocês todos os habitantes da terra. Destruam todas as imagens esculpidas e todos os ídolos fundidos, e derrubem todos os altares idólatras deles. 53 Apoderem-se da terra e instalem-se nela, pois eu lhes dei a terra para que dela tomem posse.  (...) 55 Se contudo, vocês não expulsarem os habitantes da terra, aqueles que vocês permitirem ficar se tornarão farpas em seus olhos e espinhos em suas costas. Eles lhes causarão problemas na terra em que vocês morar. 56 Então farei a vocês o mesmo que planejo fazer a eles”.

INTRODUÇÃO - A palavra bíblia significa “conjunto de livros”. Quando lemos o texto grafado em Números, nos reportamos ao texto do 4º Livro da primeira bíblia conhecida pelo homem, a Torá dos Judeus. O livro de Números quando levado à sua tradução hebraica, chama-se Sêfer Bamidbar cuja tradução é “Livro do deserto, ou livro de ermo”. O capítulo 33 relata 42 lugares onde o povo de Deus acampou durante a sua travessia no deserto. Moisés fazia questão de lembrar o povo destes lugares e a da forma como Deus os proveu em todas as estas ocasiões. No livro do Êxodo capítulo 3 e versículo 14 – “Disse Deus a Moisés: “Eu Sou o que Sou...”. Nesta frase encontramos uma importante confirmação de Deus sobre a vida do seu povo. A tradução desta palavra para o original é Ehyeh Asher Ehyeh, cujas letras (o sistema de numeração hebraica usa letras para formar números) somam 42, não por coincidência a mesma quantidade de lugares onde o povo de Deus peregrinou durante a sua passagem pelo Deserto.
       De certa maneira, estes 42 lugares refletem 42 tipos de passagens diferentes pelos quais cada um de nós está sujeito a passar durante o percurso da sua vida. Não teríamos tempo de abordar estas 42 passagens, porém em poucas palavras eu posso dizer, o que o Senhor está dizendo através destes lugares: “Em qualquer época, e em qualquer situação da sua vida lembre-se:

O SENHOR ESTARÁ CONTIGO, 
ELE VAI PROTEGER VOCÊ E SUA FAMÍLIA NESTA VIAGEM. ELE VAI SUPRIR AS SUAS NECESSIDADES, MIL PODEM CAIR AO SEU LADO, DEZ MIL À SUA DIREITA E VOCÊ NÃO SERÁ ATIGIDO!

Basicamente o Messias fala conosco em 3 épocas distintas em nossa vida: 1.) Antes da batalha, o tempo da ansiedade, durante a batalha, o tempo do desespero,  e depois da batalha, o tempo do regozijo. O capítulo 33 de números refere-se ao antes o durante e o depois da vitória proclamada ao seu povo. Não posso saber em qual fase você está, mas eu sei que Deus vai lhe dar a partir desta palavra a substância para vencer em todas elas.

EVOLUÇÃO - O texto bíblico começa dizendo que  Senhor falou com Moisés (...O Senhor disse a Moisés) nas campinas de Moabe, junto ao Jordão, de frente para Jericó. Durante todo o tempo o Senhor está sempre se encarregando de mostrar ao homem o caminho a ser seguido. No livro do apóstolo João 14.6, ele diz: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao pai, senão por mim”. Por outro lado ele também nos disse que este caminho não seria fácil e é isto que ele nos informa ao dizer: “...no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo” (João 16.33). O final do livro de números descreve as jornadas do povo judeu no deserto, porém nesta passagem eles já estão nos limites da Terra de Israel. Isto mostra um fim imediatamente ligado ao começo, duas épocas nas quais uma é o caminho para chegar à outra. O deserto foi o fim de um ciclo de aprendizado para que o povo pudesse entrar na terra prometida. Ciclos! Nossa vida é composta de ciclos. Deus criou um ciclo de 7 dias, no sétimo ele descansou. Vamos voltar as 42 passagens do povo de Israel pelo deserto. Se dividirmos 42 por 7, chegaremos ao número 6 e porque não sete? Simples, no 7º dia o Senhor descansa e contempla a sua obra. Durante o período em que o Senhor esta ensinando ele também indica o caminho, nos dá visões, e estratégias para vencer as dificuldades que surgirão em nossa viagem. É isto que ele esta fazendo no versículo 50 do “Sêfer Bamidbar”.  Até aqui o Senhor os ajudou com mão poderosa, treinando-os, alimentando-os de forma milagrosa, estipulando as regras para um viver santo, mas agora era o momento de por em prática tudo o que aprenderam.

AMADO IRMÃO, ATÉ AQUI O SENHOR TE AJUDOU, CARREGOU VOCÊ NO COLO,
TE ALIMENTOU DE FORMA MILAGROSA,
MAS AGORA É HORA DE LEVANTAR E MOSTRAR A ELE QUE VOCÊ CRESCEU,
APRENDEU E ESTÁ PRONTO PARA A BATALHA

Vamos ver como o Senhor fez isto.
As campinas de Moabe, é preciso lutar O povo estava acampado junto as campinas de Moabe. As “campinas” representam a área despovoada mais próxima de uma cidade. Não confunda com Campinas, município de São Paulo. Em geral as campinas precedem uma região de montanhas ou vales, onde geralmente é um pouco mais difícil construir e povoar. Os moabitas eram os descendentes de uma relação incestuosa da filha mais velha de Ló com seu pai. Apesar do parentesco hebreu por intermédio de Abraão, aquele povo almejava destruir Israel. Quando o Senhor fala com Moisés nas campinas de Moabe, o que ele está dizendo é: Vocês vão ter que lutar agora. Vocês vão ter que enfrentar este problema, Vocês vão ter que passar por eles e vencê-los para atingir os seus objetivos. Moabe é lugar de luta, de mostrar suas habilidades.
Hoje muitas pessoas querem receber a vitória de “mão beijada”, não querem lutar, quanto mais entrar numa guerra. Há uma guerra declarada contra o diabo nesta terra e você é treinado pelo maior de todos os comandantes para vencê-la. Porque se esconder, porque não lutar. Deus lhe deu habilidades as quais você ainda nem conhece, sabe porque? Por que ainda não as utilizou, não se colocou na condição de lutador. O salmista Davi disse no capítulo 98.1 – “Cantem ao Senhor um novo cântico, pois ele fez coisas maravilhosas, a sua mão direita e o seu braço santo lhes deram a vitória”.

CHEGA DE MARASMO, 
LEVANTE-SE E LUTE!
LUTE PELO SEU FILHO, PELA 
SUA ESPOSA, PELO SEU TRABALHO, 
PELA SUA FAMÍLIA, PELA SUA IGREJA!
É CHEGADA A HORA DE LUTAR 
DEUS TE PREPAROU PARA CONTEMPLAR  SUA VITÓRIA!

       Junto ao Jordão – é preciso fazer força. Junto as campinas de Moabe estava o rio Jordão. Era por ali que o povo de Deus teria de atravessar para poder entrar em Canaã. O rio Jordão logicamente possuía uma importante mensagem para o povo de Deus. A palavra Jordão em hebraico, significa “descedor ou aquele que desce”. Diferente do chamado “mar vermelho”, o Jordão era um pequeno rio, porém com uma forte correnteza, e diferente do Mar Vermelho, que o Senhor literalmente abriu para “um povo em treinamento” passar o Jordão teria de ser na raça, na força, na fé e na coragem. Não há como lutar sem fazer força, não há como vencer sem lutar. Para atingir os seus objetivos você precisa fazer força, você precisa lutar. O rio Jordão nasce do alto, nas montanhas da Síria, percorre 320 quilômetros do norte para o sul da Palestina. Nascer do alto significa, nascer do Espírito. O povo de Deus já havia passado pelo mar vermelho, e ali o Senhor estava dizendo, só passando pelo sangue do Messias é possível ter salvação, só sendo batizado nas águas do Messias é possível ter vida em abundância. As pessoas querem benção sem fazer nenhum esforço. Não vem para a igreja, não oram, não trabalham, e acham que vão viver de milagre o tempo todo. É por isto que as igrejas que só pregam milagres estão cheias! Meu irmão(ã), nós estamos na era do 7º Dia, agora o Senhor está contemplando a sua criação e esperando ver a sua reação. É no Jordão onde as coisas acontecem, é com esforço que você vai atingir seus objetivos. Jacó atravessou o Jordão com um cajado e a roupa do corpo, voltou rico e com uma grande família. Quer uma família abençoada, TRABALHE, quer uma vida próspera TRABALHE!

PARA CHEGAR À TERRA PROMETIDA É PRECISO FAZER FORÇA, É PRECISO PASSAR PELAS ÁGUAS DO ESPIRTO, É PRECISO MOSTRAR QUE VOCÊ É CAPAZ!
De frente para Jericó, é preciso ter féJunto as campinas de Moabe, junto ao rio Jordão, via-se de frente a cidade de Jericó. Aquela era uma cidade fortificada por grandes muralhas e soldados preparados para entrar em luta a qualquer momento. Olhando para aquela cidade, tão fortificada, de certo o povo de Deus imaginava: “Como nós tão despreparados, poderemos enfrentar aquele povo?”. Mais a frente o Senhor iria lhe dar uma grande demonstração do seu poder, porém esta demonstração só se concretizaria se eles se submetessem e acreditassem na voz de Deus e na voz do seu líder. Josué o líder daquele povo teria uma visão, onde um soldado com a espada desembainhada lhe dava instruções, estas instruções deveriam ser transmitidas ao povo e cumpridas à risca para a vitória ser atingida. Amado irmão(a), nós só obedecemos quando acreditamos. Hoje nós vemos muitas pessoas lutando, e se esforçando para atingir os seus objetivos, porém são pessoas sem fé. Pelas nossas próprias mãos nunca chegaremos à perfeição. Só pelo suor do teu rosto, você nunca irá atingir os seus objetivos. Para derrubar Jericó seria necessário dar 6 voltas em total silêncio, apenas marchar, na sétima volta as trombetas deveriam ser tocadas e então o povo iria presenciar o poder de Deus sendo manifestado. De novo nós temos um ciclo de sete. Mas aqui o Senhor materializa a sua instrução, no primeiro dia, silêncio, tempo de construção do plano, segundo dia, silêncio, templo de consolidar o plano, Deus está operando no silêncio, mas no sétimo dia, é tempo de tocar a trombeta, pular e gritar, porque a obra está completa e toda muralha levantada contra o povo de Deus vai cair.

ACREDITE DEUS OPERA NO SILÊNCIO PARA VOCÊ SE ENCHER DE JÚBILO NO MOMENTO DA VITÓRIA. SEJA OBEDIENTE, TENHA FÉ E RECEBA A VITÓRIA
LUTA, ESFORÇO E FÉ
       De posse desses três ingredientes, é impossível o cristão não vencer as suas lutas. É a partir desses ingredientes que ele nos capacita para consolidar a nossa vitória. Em números 33.51, o senhor diz: “Diga aos israelitas: Quando vocês atravessarem o Jordão para entrar em Canaã...”. Perceba : Deus mostrou os três ingredientes necessários, e depois ele diz “quando” e não “se”. Isto significa que se nós atingimos os três objetivos, nós vamos entrar em Canaã, nós vamos ter vida eterna, nós vamos ser vitoriosos. Em Josué, capítulo 6, versículo 2, o Senhor diz ao profeta  - “Saiba que eu estou entregado Jericó na sua mão”.

HOJE O SENHOR ESTÁ ENTREGANDO A VITÓRIA NA SUA MÃO. DEUS VAI VER A SUA LUTA, VAI VER O SEU ESFORÇO E ESTÁ VENDO AGORA A SUA FÉ!

O que fazer com a vitória?
       Muitas pessoas chegam ao podium, atingem os seus objetivos pessoais e descobrem algo terrível: “Não são felizes”, o buraco no coração permanece, a deficiência familiar continua. Isto acontece por que ao atingir uma pretensa vitória, o homem tem uma tendência de voltar-se aos seus hábitos antigos, ou acostumar-se com coisas mundanas. No versículo 52 o Senhor dos dá importantes instruções para a que a nossa vitória seja duradoura. A primeira delas é: “Expulsar da nossa frente  todos os habitantes da terra”. Olhando pela ótica de Deus sabemos que o céu representa a santidade, pois o céu cobre a terra, mas não toca na terra, por outro lado a terra representa o homem. Nós fomos feitos do pó da terra e portanto, ela representa também os nossos sentimentos carnais, as nossas tentações e todas as nossas deficiências. Para ter uma vitória duradoura é preciso abandonar os velhos hábitos, coisa que muitas pessoas não querem ou não conseguem, é preciso parar de falar palavrões, é preciso parar de mentir, é preciso parar de beber, é preciso parar de fumar, é preciso ter o corpo e a mante limpos para poder receber a plena consciência de Deus. Expulsar todas as pessoas da terra, também significa abandonar as más companhias que antes andavam conosco. Atualmente eu não compreendo porque as pessoas permanecem na igreja, porém continuam frequentando os mesmos lugares de antes, e pior ainda, porque ao invés de trazerem as pessoas do mundo para a igreja, acabam indo com as pessoas do mundo para o mundo. Há um erro nisto. O Senhor disse: Sejam santos, porque eu sou santo. Então sejamos santificados, separados do mundo e ligados com Deus.

A VITÓRIA ESTÁ NAS SUAS MÃOS
SEJA SANTO, PERMANEÇA SANTO, BUSQUE A PRESENÇA DE DEUS E NÃO DOS AMIGOS DO MUNDO E VOCÊ TERÁ UMA VITÓRIA DURADOURA.

       A segunda instrução - “Destruam  todas as imagens esculpidas...” – O maior motivo da guerra entre e os moabitas e o povo de Deus era o fato de serem um povo politeísta, ou seja, um povo de vários Deuses, para ser mais preciso, milhares de Deuses. As “imagens esculpidas”, eram Deuses particulares criados entre as próprias famílias e clãs para serem adorados em particular. Feitos pela mão de artesãos, esses Deuses eram criados conforme a necessidade, o poder econômico e o status de cada família, podendo ter tamanhos e formas totalmente diferentes uns dos outros. Você já ouviu a frase – “O meu santo é mais forte do que o teu”? Era mais ou menos assim que as coisas aconteciam naquela época. Assim, quando o Senhor dá esta ordem ele está dizendo: Destruam os deuses particulares. Quais são os seus? Todos nós de uma forma ou de outra elegemos Deuses particulares em nossa vida, muitas vezes de forma imperceptível. Havia Deuses particulares de 2 metros de altura, e outros do tamanho de um polegar, quase imperceptíveis na sala das casas. É Assim conosco, muitas vezes há em nós Deuses particulares enormes aos quais adoramos nitidamente e outros tão pequenos que passam anos até serem notados. Dê uma olhada em sua vida, quais os grandes altares? Será que é Jesus mesmo? Não será uma novela, um homem, uma mulher, um carro, quem sabe um pequeno sentimento, um pequeno desejo, um pequeno objeto escondido no fundo de uma gaveta? Jeremias, o profeta nos ensina através de sua palavra – “Não aprendam  as práticas das nações nem se assustem com os sinais do céus, embora as nações se assustem com eles. Os costumes dos religiosos das nações são inúteis: corta-se uma árvore da floresta, um artesão modela com seu formão, enfeitam-na com prata e ouro, prendendo tudo com martelo e pregos para que não balance. Como um espantalho numa plantação de pepinos os ídolos são incapazes de falar e tem que ser transportados porque não conseguem andar. Não tenham medo deles, pois não podem fazer nem mal nem bem”. (Jeremias 10.2-5)

QUE O SENHOR LHE TRAGA A MEMÓRIA TODAS AS COISAS QUE PRECISAM SER QUEIMADOS NO FOGO E DESTRUIDAS PARA QUE A LUZ VERDADEIRA BRILHE EM VOCÊ

       A terceira instrução - “Derrubem os ídolos fundidos...” – além dos deuses particulares havia os deuses de conhecimento geral. Esses são aqueles adorados por toda uma nação, seguidos e até obedecidos. Por serem populares não eram feitos em madeira, e sim fundidos e formas de bronze, produzidos em escala e distribuídos para todas as pessoas. Na atualidade não é difícil ver algo assim. Pessoas seguem desesperadamente um jogador de futebol, um grupo musical, um político, um homem que se diz ser representante oficial de Deus na terra em detrimento a qualquer outra pessoa, e por ai vai. Da mesma forma  vemos todos usando uma determinada pulseira que se torna uma febre mundial, uma roupa, um tipo de calçado e aqueles que não se comportam ou não se vestem como dita a moda estão fora do padrão. A bíblia diz: “Não voz amoldeis ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12.2). O padrão do mundo é morte para quem está em  Cristo Jesus.


IDOLOS FUNDIDOS, ISTO ESTÁ EXCLUIDO DA SUA VIDA, VOCÊ TEM UM DEUS, UM PAI, E UM DESTINO, VITÓRIA SOBRE TODAS AS COISAS

       A quarta instrução - “Derrubem os altares idólatras...” – Altar é o lugar de adoração. Muitas pessoas não aceitam os ídolos esculpidos, nem os fundidos, mas não fazem nada quanto a isto. Há irmãos que com muita naturalidade contemplam seus vizinhos, seus filhos, seus familiares frequentando templos de umbanda, candomblé e não fazem absolutamente nada para isto. Há inclusive aqueles que não veem mal nenhum em frequentar estes lugares.

VOCÊ É SOLDADO E SOLDADO 
É PREPARADO PARA LUTAR, ENTÃO LUTE, AJUDE A DERRUBAR OS ALTARES, 
E VOCE RECEBERÁVITÓRIAS         DURADOURAS EM SUA VIDA!


Como desfrutar da vitória
O versículo 53, finaliza esta mensagem. Através dele o Senhor nos ensina a desfrutar da vitória duradoura. Hoje muitas pessoas já estão na fase da vitória porém não conseguem desfrutar dela. O texto diz:

- Apoderem-se da terra. Muitas pessoas oram anos para receber uma vitória e quando a recebem agem como se nada tivesse acontecido em suas vidas. Apoderar-se é o mesmo que tomar posse e é isto que você precisa fazer. Já vi pessoas trabalharem para comprar um carro, porém o carro está sempre quebrado,  batido, sujo e sem documentação. Outros oram  para ter um casamento e quando isto acontecem, agem como se fossem solteiros, não ligam para suas esposas, as esposas não ligam para os maridos, outros oram por dons ministeriais, porém nada fazem com eles. Do que adianta ter uma vitória se você não a utiliza. Do que adianta um dom se você não usa.

TOME POSSE DA SUA BENÇÃO, APODERE-SE DELA PORQUE O SENHOR JÁ ENTREGOU NA SUA MÃO E VOCÊ É A ÚNICA PESSOA QUE PODE DISPENSÁ-LA!

       - Instale-se nela – Instalar-se e fazer morada, você precisa residir na benção, na vitória que o Senhor lhe entregou. Há pessoas que vivem na benção, mas de vez em quando fazem uma visitinha na derrota. Esta casa que você construiu no lugar da derrota precisa cair, você não pode ter lugar para voltar.



INSTALE-SE NA VITÓRIA E VIVA UM PERÍODO DE ESTABILIDADE E FELICIDADE. DEUS ESTÁ TE CHAMA PARA UMA NOVA VIDA. RECEBA E CREIA! 


pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.