segunda-feira, 18 de março de 2013

AINDA HÁ LUGAR


   Amados irmãos, quero compartilhar algo especial que o Senhor me entregou nestes dias. Por favor, abra a sua bíblia no livro de Lucas, capítulo 14, onde leremos 8 versículos, mais especificamente do 15 até o 23 – 15 - Ao ouvir isto, um dos que estavam à mesa com Jesus, disse-lhe: “Feliz será aquele que comer no banquete do Reino de Deus”. 16 Jesus respondeu: Certo homem estava preparando um grande banquete e convidou muitas pessoas. 17 Na hora de começar, enviou seu servo para dizer aos que haviam sido convidados: “Venham, pois tudo já está pronto”. 18 Mas eles começaram um por um a apresentar desculpas. O primeiro disse: ‘Acabei de comprar uma propriedade, e preciso ir vê-la. Por favor, desculpe-me’. 19 Outro disse: ‘Acabei de comprar cinco juntas de bois e estou indo experimentá-las. Por favor, desculpe-me’. 20 Ainda outro  disse: ‘Acabo de me casar, por isso não posso ir’. 21 O servo voltou e relatou isso ao seu senhor. Então o dono da casa irou-se e ordenou ao seu servo: ‘Vá rapidamente para as ruas, becos da cidade e traga os pobres, os aleijados, os cegos, e os mancos’. 22 Disse o servo: ‘O que o senhor ordenou foi feito, e ainda há lugar’. 23 Então o senhor disse ao servo: Vá pelos caminhos e valados e obrigue-os a entrar para que a minha casa fique cheia. 24 Eu lhes digo: Nenhum daqueles que foram convidados provará do meu banquete.


(ESBOÇO DE MENSAGEM, MINISTRADO DOMINGO, 17 DE MARÇO DE 2013)

     Todos vocês estão aqui por um motivo: “Vocês foram convidados”. Em alguma época alguém se aproximou de você, abriu-lhe um sorriso e o convidou a conhecer o messias. Mesmo aqueles privilegiados os quais já estão na igreja desde sempre, um dia, de alguma forma, foram convidados, trazidos à igreja por alguém. O texto que lemos esta noite nos leva a aproximadamente 2014 anos atrás, em um dia especial onde o Senhor Jesus estava sentado à mesa. Era provavelmente o ‘início’ de uma tarde de sábado e o messias havia entrado na casa de um fariseu importante, e enquanto ceava também ensinava e curava. Um daqueles fariseus então, vai nos brindar com algo maravilhoso ao dizer: “Feliz será aquele que comer no banquete do Reino de Deus”. Nós certamente poderíamos concentrar esta ministração apenas nesta frase. O grande rei Davi, escreveu no seu Salmo 119, versículos 1 e 2  a seguinte mensagem: Como são felizes os que andam em caminhos irrepreensíveis, que vivem conforme a lei do Senhor! 2 Como são felizes os que obedecem aos seus estatutos e o buscam de todo coração. E não há dúvidas! Todo aquele que segue os mandamentos do Senhor desfruta da felicidade independente das situações advindas do dia-a-dia, e não por coincidência podemos sair do Salmo 119 e ir para Isaias 1.19 onde lemos: Se vocês estiverem dispostos a obedecer, comerão os melhores frutos desta terra...
    Os banquetes que o mundo oferece podem ser muito apetitosos, a princípio podem parecer inclusive mais vantajosos. Você pode sentar-se em qualquer mesa: Uma mesa de  bar, uma mesa de jogo mas somente na mesa do rei tem alimento de verdade – “João 6.51 diz: ‘Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá para sempre...’”. Jesus entrou na casa de um fariseu para mostrar que ele pode entrar na casa de qualquer pessoa e toda vez que Jesus entra em uma casa algo acontece: Jesus entrou na casa de Simão o fariseu, e perdoou pecados, na casa de Zaqueu ele trouxe salvação, na casa de Pedro ele trouxe cura, na casa de Jairo ele trouxe vida, não só trouxe vida, em Caná na Galiléia, ele trouxe alegria, na casa de Marta e Maria ele trouxe amizade, em uma pequena casa em Emaús ele entrou e abriu os olhos dos discípulos, e em Apocalipse 3.20 ele diz: Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei, cearei com e ele e ele comigo.
Hoje pela boca do profeta, o messias está declarando, eis que estou à porta do teu coração, e estou querendo entrar, ouve a minha voz, abre porta, porque eu vou cear com você e você comigo.  

Só os que assim o desejam aplaudam o Senhor Jesus!

     Como, já pude pregar aos irmãos, a nossa casa é um templo, porém diferente dos outros templos, a casa não possui apenas uma altar e sim dois. A cama é um altar especial que simboliza a união entre Deus e a Igreja, e a mesa é onde nós celebramos a provisão de Deus, o seu alimento espiritual, e as revelações do Espírito Santo. É na mesa onde as coisas acontecem, é a mesa onde a verdade aparece. Foi na mesa que Jesus anunciou o traidor: Lucas 22:21Mas a mão do que me trai está comigo à mesa. Em João 13 Jesus se levanta da mesa e lava os pés dos seus discípulos, foi num jantar em Betânia que o Senhor teve os seus pés ungidos com perfume, e houve um momento em que o Senhor precisou virar a mesa. Em João capítulo 2 e versículo 15, ao ver que as coisas não estavam de acordo com as ordens do pai, o messias derrubou a mesa dos cambistas e os expulsou do templo do Senhor.

Nesta noite você vai virar a mesa em nome de Jesus!

     Para receber a plenitude do poder de Deus em sua vida você precisa dar oportunidade ao Senhor para que ele atue de forma correta. Muitas pessoas pensam que Deus está sobre as nossas vidas apenas para virar a mesa e apontar o nosso erro, mas isto não é verdade, na realidade ele quer estar conosco e na mesa do Senhor sempre tem lugar para você!
Hoje é um dia especial para você, pois a mensagem do Senhor tem uma função: Informar que ainda há lugar para você nesta mesa.

     EVOLUÇÃO: a bíblia, em todo o seu contexto está sempre dando pistas a respeito de estar à mesa. A mesa é um símbolo de comunhão e é exatamente por este motivo que não nos sentamos à mesa com qualquer pessoa. Aliás, isto é também um alerta. Se você tem o hábito de sentar-se à mesa com qualquer pessoa tome cuidado, porque não é esta a vontade de Deus para sua vida. No livro de 1ª. Coríntios 10:21 está escrito: Não podeis participar ao mesmo tempo da mesa do Senhor e da mesa dos demônios, então o apóstolo Paulo nos faz ficar bem claro o desejo da parte de Deus em relação ao nosso comportamento à mesa. Da mesma forma no livro de Daniel, capítulo 1 e versículo 8, nós o vemos tomando uma decisão: ...ele decidiu não se tornar impuro com a comida e com o vinho do rei, pediu ao chefe dos oficiais permissão para se abster deles.  Daniel sabia que participar daquela mesa significava estabelecer um vínculo com aquela cultura e aquela religião com a qual estavam tentando contaminar a ele, Ananias, Mizael e Azarias. Assim como Daniel você precisa ter esta consciência para não errar: Mesa é Comunhão e a comunhão precisa ser com Deus. Em 1ª. Coríntios 11:33 o Senhor nos ensina: “ao participar da ceia, esperem uns pelos outros”... para quê? Comunhão é claro! A igreja em Atos dos Apóstolos 2.46 partiam o pão de casa em casa, em casa, com alegria e simplicidade”, para quê? Comunhão é Claro! Deus quer ter comunhão com você e com sua família.

     O texto que lemos fala de um “importante fariseu”. Ele está sentado à mesa em um banquete, ou seja, uma comida festiva preparada para pessoas especiais com as quais ele desejava ter algum tipo de comunhão. Ao ver aquela situação o Messias tem uma reação. Isto não está escrito na bíblia, mas eu posso ver desta forma: Naquele momento ao ouvindo a frase: “Feliz será aquele que comer no banquete do Reino de Deus”, de certo ele espera um pouco, abaixa a cabeça, dá um pequeno sorriso e começa a ensinar através da sua parábola, onde o “certo homem” representa Jesus, e o banquete, a festa que há no céu quando nos rendemos a Ele e o aceitamos.

     O primeiro ensinamento começa no versículo 16 quando ele diz: “Muitos foram convidados”. Há atualmente um pensamento exclusivista em torno de Jesus no qual só algumas pessoas podem se sentar à mesa com Ele: Apóstolos (nada contra o apostolado...), bispos, grandes organizações religiosas, tentam direcionar Jesus, ao invés de permitir que ele os direcione. Jesus disse: Muitos foram convidados e isto nos deixa claro que o convite para sentar à mesa com Jesus não é exclusivista. Estar em comunhão à mesa com Jesus é um jantar de gala, onde todos os quem tem sede e fome podem saciá-la (Apocalipse 22:17), pois ele é o pão vivo que desceu do Céu!

Se você tem sede e fome de Deus hoje é o dia de você saciar todas as suas vontades diante do Senhor
     No versículo 17, o messias continua ensinando através da parábola dizendo: Na hora de começar (o banquete), enviou seu servo para dizer aos que haviam sido convidados: “Venham, pois tudo já está pronto”. Jesus deu uma ordem aos seus discípulos: “Ide e pregai o evangelho a toda criatura” – Marcos 16:15.  A grande estratégia do Senhor deixada até que ele volte é o seu IDE. Deus comissionou pessoas para pregarem a sua palavra e converterem os incrédulos. Eu já ouvi muitas vezes a frase: “O Dia que Deus falar comigo”. Deus está falando com você agora!, a pessoa convidou você para estar em uma célula, a pessoa que trouxe você até este culto hoje é a voz e a mão de Deus atuando através dela!
Então não perca tempo, aceite hoje o Senhor Jesus, porque Ele já te chamou para o grande banquete!

     Porque ainda há lugar?
     É interessante. A atualidade criou uma sigla para pessoas de destaque ou pessoas importantes: VIP – Very Important Personalities, traduzindo ao pé da letra – “pessoa muito importante”. Encontramos esta sigla em muitos lugares: Salas de cinema, teatro, restaurantes, aeroportos, shows, etc. Pessoas VIPs entram em festas sem pegar filas, como também em shows e diversos outros lugares. Particularmente já pude ver pessoas se esbofeteando por uma pulseirinha VIP que dá direito a assistir mais de perto algum “ídolo” pop qualquer: “Latino, falcão, Justin Bieber, Joelma e por aí vai. Desculpem-me, mas eu não posso deixar de dizer que já vi isto até no nosso meio quando algum cantor gospel muito conhecido vai cantar em algum lugar, o que se configura num pecado para os dois lados. Onde já se viu show de cantor gospel com pulseirinha vip. Definitivamente Jesus precisa voltar e colocar ordem neste lugar! Mas, até chegar este dia, Jesus nos mostrou através desta parábola 3 dos principais motivos que ainda deixam lugares vazios na sua mesa.

Esta palavra pode até e parecer com uma ministração direcionada a não convertidos, mas se o seu coração estiver aberto, mesmo cristão, você perceberá que podem haver coisas espirituais e físicas impedindo você também de participar desta mesa. Preste atenção!

BENS E RIQUEZAS - O versículo 18 diz assim: Mas eles começaram um por um a apresentar desculpas. O primeiro disse: ‘Acabei de comprar uma propriedade, e preciso ir vê-la. Por favor, desculpe-me’. Se você cumpre o IDE de Jesus, já deve ter passado por isto algumas vezes: Pregamos o evangelho, trazemos as pessoas para as células, para a igreja e repentinamente uma por uma apresentam “desculpas”, uma sempre mais esfarrapada do que a outra, e o pior e mais grave é que às vezes quem apresenta estas desculpas somos nós mesmos, os convertidos. Neste versículo encontramos um dos três principais motivos de desculpas para não estar na igreja, ou não estar sentado à mesa na comunhão com o Senhor: AS RIQUEZAS, ou BENS MATERIAIS. Muitas pessoas estão muito mais preocupadas com os seus bens do que com Deus. Este convidado disse: “Acabei de comprar uma propriedade e PRECISO IR VÊ-LA, por favor, desculpe-me”, em outras palavras: Acabei de adquirir algo muito importante, e não tenho tempo para Deus, se puder, desculpe-me, e se não tudo bem, eu vou assim mesmo, pois PRECISO IR VÊ-LA. Pense um pouco. Você compraria uma grande propriedade sem olhar antes? Claro que não. A desculpa deste convidado é uma mentira deslavada que o leva a dois problemas muito sérios: O primeiro está em João 8:44 – A pessoa que mente não pertence a Deus, pertence ao diabo. Veja: “Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo”, também a pessoa que mente não quer fazer a vontade de Deus e sim do Diabo: “e querem realizar o desejo dele”, e é este o real motivo de não irem à igreja. Estas pessoas estão totalmente enganadas em relação à sua vida. Pensam que estão aproveitando a vida, mas na realidade estão morrendo: “Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou a verdade, pois não há verdade nele”. Estas pessoas não entendem a palavra de Deus como algo eficaz na sua vida, (... “é muito chato ir à igreja, ser crente e coisa para gente atrasada”): “Quando mente fala a sua própria língua”. Essas pessoas herdam a qualidade do “pai” espiritual delas: “Pois é mentiroso, e ‘pai’ da mentira”. O outro problema são as riquezas propriamente ditas ou os bens materiais. Estas coisas sufocam a vida do homem e não permitem que a palavra germine no seu coração. É o que aprendemos na parábola do Semeador em Mateus 13:22Quanto ao que foi semeado entre os espinhos, este é aquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano as riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera

TRABALHO - O versículo 19 diz: Outro disse: ‘Acabei de comprar cinco juntas de bois e estou indo experimentá-las. Por favor, desculpe-me’. De novo vamos pensar um pouco: Uma junta de bois, era um conjunto composto de 4 animais de grande porte, escolhidos entre diversos animais para poder suportar o peso de grandes cargas, juntamente com os animais havia o aparelho ou carroça, equipada com arados, caçambas, apetrechos para guiar os animais, etc., resumindo, uma junta de boi equivale aos dias de hoje a uma moderna colheitadeira, ou um trator de grande porte. Pergunta: Você compraria algo assim sem olhar? Claro que não! Outra mentira, porém vamos mais enfrente: Juntas de bois eram utilizadas para TRABALHO, e o trabalho é um fator muito difícil de administrar e que se mal cuidado pode tirar você a mesa da comunhão de Deus ou impedi-lo de chegar até ela. Veja o que este convidado está dizendo é: “Eu estou tão ocupado que uma junta só de bois não me serve, eu precisei comprar cinco de uma só vez para suprir as minhas necessidades no trabalho e por isto não tenho tempo para Deus, me perdoe se puder, mas se não puder eu vou mesmo assim (estou indo...).” O trabalho é, definitivamente, uma benção do Senhor quando bem utilizado. O trabalho não pode ser um impeditivo para estarmos à mesa com o Senhor. Existem dois tipos de necessidade: a NECESSIDADE CRIADA, e a NECESSIDADE DE FATO. A primeira é aquela que o diabo coloca na nossa mente: Preciso ganhar um pouquinho mais, preciso complementar a minha renda, em outras palavras, preciso eu mesmo resolver o meu problema, problema este que na realidade muitas vezes nem existe. Quantas vezes vemos pessoas que trabalham, tem os seus salários, as suas rendas, e quando chega na hora da célula, ou na hora do culto, não podem estar na mesa da comunhão por que foram fazer um bico. Outros, não trabalham porque não estão no tempo de trabalhar, mas justo na hora do culto, ou de outro compromisso da igreja... olha que coisa! arrumaram um trabalho! Querido o que é mais importante para  a sua vida? Cinquentinha no bolso ou a sua salvação? E se Jesus voltar neste dia? Você ainda tem dúvida? leia o Salmo 127É inútil acordar cedo e dar duro, se Deus não abençoar o trabalho das nossas mãos. Você quer ser próspero? A Bíblia é bem clara, 2ª Crônicas 20.20 – “Credes no Senhor vosso Deus e estareis seguros, credes nos seus profetas, e prosperareis”. O caminho para um casamento abençoado é ouvir a palavra de Deus, o caminho para uma vida abençoada é confiar em Deus e não no poder das suas próprias mãos.  Salmo 37.5 Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e Ele o fará”. Não somos nós que fazemos é Deus. Eu falei sobre dois tipos de necessidade, a criada e a de fato. Para a necessidade de fato, é possível compreender por um certo tempo, desde que o seu coração não esteja dizendo agora: “Eu poderia fazer diferente”. Se você trabalha em escala, se o seu trabalho “oficial” (registrado) te obriga a cumprir um horário que lhe impede de estar na mesa com o Senhor, amém. Ore a Deus para mudar esta situação. Fora isto esteja na mesa querido. Banquete bom é banquete pago com o sangue de Cristo e não o que tira você da presença de Deus.

FAMÍLIA - O versículo 20 nos leva ao último ensinamento desta parábola: Ainda outro  disse: ‘Acabo de me casar, por isso não posso ir’. Encontramos aqui um homem, ou quem sabe um jovem que havia acabado de contrair matrimônio e consequentemente constituir uma FAMÍLIA, e por incrível que pareça a família é um dos grandes motivos que impedem o homem de estar sentado à mesa com o Senhor. A mãe que não deixa o filho ir à igreja porque tem outras convicções, o esposo que não deixa a esposa ir à igreja, por achar perda de tempo, dele com a esposa e da esposa com as suas próprias coisas. O casal recém casado, que pretende aproveitar todo o tempo junto e se esquece de Deus, mas se esquece também que o casamento representa a união entre Deus e a Igreja e não há como fazer isto, se não estivermos na igreja, recebendo alimento espiritual. Nesta passagem vemos isto claramente, o que o homem está dizendo é: “Meu senhor... eu acabo de me casar, minha bela esposa está me esperando em casa para um belo jantar e uma bela noite de amor, e você espera que eu vá à igreja! Mas de Jeito nenhum! (não posso ir...)”. Em Lucas 14:26 está escrito: “Se alguém vem a mim e ama o seu pai, a sua mãe, a sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs,  até a sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo”. Para sentar-se à mesa você precisa atender prontamente o chamado de Deus.  Mateus 8:19 um mestre da lei se aproxima de Jesus e diz: Mestre eu te seguirei por onde quer que fores e o messias responde: “as raposas tem suas tocas, os pássaros tem os seus ninhos, mas o filho do homem não tem onde repousar a cabeça”. Para estar com Deus você precisara abrir mão do conforto, das riquezas e quem sabe até mesmo do tempo com a sua família.  No versículo 21, outro discípulo se aproxima de Jesus e diz: “Senhor, deixa-me primeiro ir sepultar o meu pai” – Jesus respondeu: “Siga-me e deixe que os mortos sepultem os próprios mortos”. De acordo com a cultura judaica, o filho caçula só poderia sair de casa quando sepultasse o seu pai. Isto poderia acontecer em um dia, como também em mais 50 anos. Não havia este tempo, o chamado era urgente, assim como nos dias de hoje, o chamado de Deus para a sua vida é urgente!

Deus está te chamando hoje! Agora! Tome uma atitude diante do chamado de Cristo e aceite-o!

      Atitudes erradas, resposta errada.
    Esta parábola também nos revela três atitudes que devem ser evitadas: Um convidado disse ‘preciso ir’, o outro disse ‘não posso ir’, e ultimo disse ‘estou indo’.  Em outras palavras um estava muito ocupado, outro não estava a fim, e outro não estava nem aí para o convite. Como disse esta palavra parece ser para não crentes, mas não é. Você já deixou de estar na comunhão com Deus porque “precisou” (em termos...) ir a algum lugar, ou porque “não podia” (em termos...) ir à igreja, ou porque “estava indo” – eu já ouvi isto várias vezes de irmãos – ou seja, não estavam nem aí para a preocupação do pastor (do profeta), nem de Deus, para com a sua necessidade. Foi-lhe preparado um banquete, temperado com sal, regado com azeite, e cozido no fogo!

     Quantas pessoas frequentam esta igreja? Quantas faltaram hoje? Claro! Algumas tem motivos justos, mas será que algumas não estão classificadas em um destes três motivos. E o seu coração, onde está? Aqui ou no fantástico (culto de domingo à noite)? Na segunda-feira, em alguma outra coisa fora do banquete que Deus preparou. Se estiver em algum lugar fora daqui, prazer, você tem três amigos indesejáveis que ainda não conhecia: “preciso ir, estou indo, não posso ir”.

     Há um grande problema nisto e nós precisamos resolver nesta noite. O texto diz que o dono do banquete irou-se e no versículo 24 está escrito:  “Nenhum daqueles que foram convidados provará do meu banquete”. Na carta aos Hebreus capítulo 6 e versículo 4 (será coincidência, citamos o versículo 24 e agora hebreus 6.4 , quanto é mesmo 6 x 4? – 24... Ok, pensei que minha conta estivesse errada). “Ora, para aqueles que uma vez foram iluminados, provaram o dom celestial, tornaram-se participantes do Espírito Santo, experimentaram a bondade da palavra de Deus e os poderes da era que há de vir, e caíram, é impossível que sejam reconduzidos ao arrependimento, pois para si mesmos estão crucificando e novo o Filho de Deus, sujeitando-o à desonra pública” . No versículo 24 de Lucas 14, o Senhor está se referindo ao povo Judeu que o rejeitou, mas sabemos que na atualidade somos co-irmãos do povo Judeu de modo que esta palavra se aplica na atualidade a todos aqueles que de alguma forma rejeitam o Senhor Jesus. Tenho dito nos últimos tempos que o “ser crente” muitas vezes pode ser um impeditivo para aceitar Jesus plenamente, pois achamos que basta a forma como estamos, mas não basta. O Senhor Jesus quer você por completo. Este banquete foi preparado para nós, e quando não o aceitamos Ele deu outra ordem ao seu servo: ‘Vá rapidamente para as ruas, becos da cidade e traga os pobres, os aleijados, os cegos, e os mancos’. O dono do banquete e da casa abriu as portas do seu palácio para todos. As portas dos céus estão abertas para todos o que creem no Senhor por uma chave especial chamada amor, onde mesmo nós, não estando plenamente na presença de Deus podemos buscar solução e adentar à sala do trono.  É isto que diz João 3:16. Talvez você não se ache digno mas o Senhor chamou os pobres: “Benditos são os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus”. Pobres de Espírito são as pessoas que ainda não o enriqueceram através da palavra. Quem não conhece a palavra não é só pobre espiritual é morto espiritual.

Jesus é a chave da vida! Ele disse: Eu sou aquele que vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do Hades.

Deus é a chave para a sua vitória!
     Se você ainda não recebeu esta chave, Jesus está te esperando com um banquete nesta noite! Ainda há lugar para você! Talvez você esteja impedido de andar os caminhos do Senhor, estes são os aleijados. Um dia Pedro e João estavam subindo para orar no templo, (Atos 3.1-8) e na porta do templo, chamada formosa, estava um aleijado de nascença que era colocado ali todos os dias para pedir esmolas. Quando ele viu Pedro e João entrando no templo pediu-lhes uma esmola

Mas Jeová Gireh não é Deus de dar esmolas
Se você está aqui é para receber o melhor de Deus.

     Pedro olhou para firme nos olhos daquele aleijado e disse: “Olhe pra nós”. (Ele quis dizer: Preste atenção aqui. Eu estou sempre dizendo isto) Quando o homem olhou pra eles, ele disse: Não tenho prata, não tenho ouro, mas o que tenho isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta e anda! Pedro segurou o homem pela mão direita

Jesus vai te segurar com a Destra da Justiça!

     Os tornozelos do homem ficaram firmes. Ele se levantou, saiu da porta do templo, entrou para a dentro e começou a pular e louvar a Deus.

Jesus vai fazer maravilhas na tua via hoje.
Glorifique o nome do Senhor!

     Há também muita gente cega dentro da Igreja, muita gente que não vê o poder de Deus agindo, muita gente sem compreender e nem perceber os milagres acontecendo todos os dias. A palavra de Deus nunca volta vazia, e sempre gera resultados, se você não está vendo Deus vai abrir os seus olhos espirituais, e é por isto que o Senhor mandou chamar para o banquete também os cegos!

     Jesus curou muitos cegos, e entre eles estava Bartimeu, o filho de Timeu. Pode parecer uma cura como outra qualquer mas todo cego que Deus curou enxergou além daqueles que já eram sãos. No caso de Bartimeu, muito se prega sobre o que acontece na cura e além da cura, mas o milagre não está na cura, muito menos no além da cura, o milagre está antes da cura, na boca de Bartimeu, em Marcos 10.47, quando ele diz: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de Mim. Abra sua bíblia e procure. Garanto que você não vai encontrar ninguém antes de Bartimeu, chamando Jesus de Filho de Davi. Até Marcos 10.47, em todas as traduções, o nome de Jesus está grafado como Yeshua ben Youssef  - Jesus filho de José, ou seja: Jesus filho do homem, mas quando o cego abriu a boca,  ele disse: Yeshua ben David ou Jesus filho de Davi. Davi faz parte da genealogia de Jesus por intervenção Divina e não carnal, de forma que ao chamar Jesus de filho de Davi, ele estava dizendo pela primeira vez: JESUS FILHO DO ALTÍSSIMO! Foi pelo olho do cego que se viu a glória de Jesus.

Se você entrou aqui sem conseguir enxergar a glória de Deus, abra a boca, glorifique o nome do Senhor Jesus e você vai ver tudo o que não tinha visto e vai sentir tudo o que não sentiu até hoje!

Jesus filho de José é limitado
Jesus filho de Davi é ilimitado
Jesus filho de José é homem e pecador
Jesus filho de Davi é o cura do pecado
Jesus filho de José é aquele pregado na cruz

Jesus filho de Davi é o que ressuscitou, 
o alfa, o ômega, o que era e o que há e vir, 
o todo-poderoso que veio para nos resgatar 
do pecado e da cegueira

Só quem está vendo além do Jesus filho de José, aplaudam o Senhor Jesus!
O Senhor dono do banquete também mandou o seu servo convidar os mancos. O manco é aquele que vive tropeçando. Uma hora está bem, outra hora está mal, outra hora está crente outra ora não esta, uma hora está na mesa comendo com o rei, outra hora está sentado à mesa com os escarnecedores. Para caminhar no deserto é preciso ter cuidado com os pés. Quando os nossos pés estão em ordem nós andamos em linha reta, mas no deserto, pela falta de pontos de referência se uma pessoa começar a mancar ela vai ficar andando em círculos. Isto nos mostra que o manco também é aquele que caminha, caminha e não chega a lugar nenhum. Eu disse que esta palavra não era só para não crentes. Está cheio de gente assim na igreja, jubileu de prata, bodas de ouro no banco da igreja e até nos púlpitos por aí a fora, mas nunca conseguiu sair do lugar onde estava. Continua nas mesmas dificuldades, nos mesmos problemas. É o famoso crente “Zega Pagodinho” (Deixa a vida me levar.... via leva Eu...).  Mas eu tenho uma boa notícia para você: Ainda há um lugar na mesa para você! Você ainda pode desfrutar do banquete que o Senhor preparou. Meu irmão e minha irmã. Deus não está procurando pessoas perfeitas, Deus está procurando pessoas com santidade. Deus tem compaixão dos seus filhos mancos e vai resgatar você e sua família!

Creia no Senhor Jesus e será salvo, 
tu e a tua casa!
     No livro de 2ª Samuel 9, a bíblia fala a respeito e um homem chamado Mefibosete. Este homem era um filho de Jônatas, quando a sua ama soube que Saul e Jônatas haviam morrido esta mulher fugiu, e na fuga deixou cair o garoto que a partir de então ficou manco. Sem pai, sem mãe, e manco e indefeso, não lhe sobraram muitas alternativas a não ser ir para Lo-debar, a cidade dos esquecidos. O crente quando é manco acaba esquecido porque a glória de Deus não está nele. Os irmãos olham pra ele e muitas vezes dizem: “É manco dos dois pés”, nunca vai sair do lugar de onde está. Até o pastor muitas vezes desiste: “Eita este aí. Tá lá em Lo-Debar tá longe, demais para ser resgatado”.  Mas para Deus não tem caso difícil, pra Deus não tem cidade do esquecimento. Em 2ª. Samuel 9.4 o rei Davi (que representa Jesus) diz: Onde está ele?  Ao que Ziba responde: Na casa de Maquir, filho de Amiel, em Lo-Debar. Você pode achar que Deus não sabe onde e como você está mas ele sabe, onde, com quem, e como você está -  Provérbios 15.3 diz: Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando atentamente os maus  os bons. Davi manda chamar Mefibosete de Lo-Debar. 2ª. Samuel 9.7 o rei Davi diz: Vou lhe devolver todas as terras que pertenciam ao seu avô Saul e você comerá sempre a minha mesa!
Deus vai devolver a sua herança celestial e paz, prosperidade, saúde e santidade!
2ª. Samuel 9.13 diz: Então Mefibosete foi morar em Jerusalém...

Mefibosete morava na casa de Maquir, que significa Vendido, agora este vai morar em Jerusalém. Você vai morar na casa de Deus e Deus vai morar em você.
... pois passou a comer sempre na mesa do Rei, e era aleijado de ambos os pés!

AINDA HÁ LUGAR, não se preocupe com os suas dificuldades, AINDA HÁ LUGAR! Receba o Senhor Jesus hoje na plenitude da sua palavra.
Eu quero encerrar esta pregação comprovando algumas coisas que aconteceram na vida deste homem: Primeiro – Quando o rei Davi restituiu a Mefibosete, ele recebeu centenas de vezes mais do que poderia imaginar ter um dia. Só bastou para isto, ele tomar uma atitude, sair de Lo-Debar e aceitar o convite! Quando ele aceitou, Deus lhe proveu posses sem ele precisar se preocupar. Segundo: A Bíblia diz que Ziba, antes servo de Saul, tinha 15 filhos e 20 servos. O rei Davi deu uma orem a Ziba para que servisse a Mefibosete e cuidasse de suas propriedades. Veja! Quando Mefibosete aceitou o convite, saindo da casa de Maquir, onde trabalhava pra comer, ele recebeu em troca não 1, mas 35 servos ao seu dispor. E você ainda está preocupado com aqueles “cinquentinha” do começo da pregação? Aceite o convite hoje, erga suas mãos glorifique ao Senhor na casa do Senhor e ele vai multiplicar as suas posses! Terceiro: A bíblia também diz que Mefibosete tinha um filho. Se tinha um filho também teria uma esposa. A família de Mefibosete foi junto com ele para Jerusalém. Se você aceitar o convite do Senhor para sentar à mesa com Ele, nunca vai faltar lugar na mesa do Rei para você!

AINDA HÁ LUGAR, independente da sua condição AINDA HÁ LUGAR. No texto de lucas 14 que lemos está escrito: Venha, está tudo pronto!

ESTÁ TUDO PRONTO E AINDA HÁ LUGAR PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA VENHA, ACEITE E RECEBA A SALVAÇÃO EM CRISTO JESUS

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.

AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG. 

Postar um comentário