terça-feira, 9 de setembro de 2014

Até quando você vai esperar

A sua vida está cercada de fatores e circunstâncias capazes de levá-lo a dois caminhos específicos: A salvação ou a perdição. Quer seja cristão convicto já de muito tempo ou alguém se aproximando agora dos caminhos de Deus há sempre áreas onde é necessário guerrear com bastante afinco para evitar perder o caminho de salvação estabelecido por Deus para você e sua família. 1a Coríntios 10.12 deixa isto bem claro dizendo – “...Aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia”. Esta afirmação nos dá uma experiência bastante profunda em relação à sua vida cristã. Muitas vezes você “julga” estar firme em determinadas áreas de sua vida, quer seja ela espiritual ou secular, porém quem somos nós para julgar? Até que ponto temos realmente a capacidade de definir se estamos mesmo “firmes” com Deus, com a família, amigos e etc? Será que se todos que se julgassem assim tão firmes o estivessem de fato não teríamos menos discussões, menos problemas nos casamentos, menos problemas de fé, etc?
Por causa destas convicções o mundo vem sofrendo há milhares de anos. “Como foi nos dias de Noé, assim também será na vida do Filho do homem (Mt 24.37)”, permanecemos vivendo as mesmas situações que geram as mesmas dificuldades daquela época em virtude de não tomar posição em relação a nossa vida secular e também cristã. Falamos de você que talvez hoje, mesmo com idade adiantada ainda esteja na dúvida quanto a qual profissão seguir, você que mesmo já estando no caminho de Cristo há muito tempo ainda não conseguiu se decidir  por um ministério e até mesmo você que já se encontra há muito tempo compromissado com alguém porém até hoje ainda não se decidiu se é hora ou não de ir à frente e casar-se, por mera casualidade ou quem sabe medo. Quem sabe você que já está “namorando” Jesus há um bom tempo e ainda não tomou uma posição sólida em relação a Ele. O texto de Mateus 24 diz que – “...nos dias anteriores ao Dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca; 39  e eles nada perceberam, até que veio o dilúvio e os levou a todos” – um belo dia, veio o dilúvio e consumiu a todos os que estavam fora da arca. Noé fez sua parte: Avisou, pregou e até se humilhou parente muitas pessoas no sentido de avisá-las quanto à destruição que haveria de vir, porém ninguém lhe deu ouvidos.
O texto em Provérbios 27.1 diz – “Não se gabe do dia de amanhã, pois você não sabe o que este ou aquele dia poderá trazer” – Enfim, quem somos nós para saber se podemos esperar? – Mateus 24 também diz - “Dois homens estarão no campo; um será levado e o outro será deixado. 41 Duas mulheres estarão trabalhando num moinho; uma será levada e a outra deixada.  42 “Portanto, vigiem porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor”. – Isto mostra que não há tempo a esperar!  Se você deseja resolver algo em sua vida secular, amorosa ou espiritual é preciso tomar esta decisão com sabedoria e rapidez e estas situações em sua vida dependem exclusivamente de Deus. Há quanto tempo Deus tem incomodado a você em virtude desta situação que não condiz com uma vida cristã verdadeira? Há quanto tempo Deus tem lhe falado que é tempo de tomar uma decisão em sua vida e agir conforme Ele tem colocado no seu coração e não conforme o seu coração apenas (ou seja, suas emoções) tem lhe ordenado? – “...vocês (...) precisam estar preparados, porque o Filho do Homem virá numa hora em que vocês menos esperam”. Entenda: Amanhã pode ser tarde. Hoje talvez você não compreenda alguns porquês de agir ou não em determinada situação. Jesus falou com Pedro a respeito disto dizendo – “Você não compreende agora o que estou fazendo a você; mais tarde porém entenderá (Jo 13.7)” – Se Pedro não tivesse “decidido” permitir a Jesus lavar os seus pés naquele dia o resultado seria “ficar eternamente afastado do Pai, veja: “Jesus respondeu: Se eu não lavar os seus pés, você não terá parte comigo (Jo 13.8b).
 Atualmente o homem tem tomado decisões baseado apenas em seus sentimentos humanos porém este tipo de atitude já está condenada. Jó 8:13 diz – “A esperança do ímpio perecerá” – Somente através da forte presença de Deus em sua vida as suas decisões tomadas serão ajuizadas pelo único capaz de julgá-las e a quem depois prestaremos contas conforme lemos em Romanos 14:12 – “Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus”. Acredito que este texto esteja confrontando você agora. Qual decisão é preciso ser tomada em sua vida? Não há mais tempo, Hebreus 2.3 muito bem explica – “Como escaparemos, se negligenciarmos tão grande salvação? Essa salvação, primeiramente anunciada pelo Senhor, foi-nos confirmada pelos que a ouviram”. Feche seus olhos e ore a Deus por este momento de decisão.   

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.

AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG
SE ESTA MENSAGEM EDIFICOU SUA VIDA
CLIQUE NO G+1 DO GOOGLE
ASSIM ESTA MENSAGEM CHEGARÁ A MAIS PESSOAS