quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Confie em Deus nas adversidades

Você certamente já se sentiu perseguido em alguma área da sua vida e coisa difícil é encontrar alguém, mesmo de pouca idade, que jamais tenha sido perseguido de alguma forma: Trabalho, escola, falsos amigos e até mesmo ministérios são uma fonte inesgotável de perseguições que se sucedem em direção à sua vida. Davi em seu salmo diz – “Muitos são os meus adversários, muitos se rebelam contra mim – Sl 3.1”. Esta passagem acontece em um momento de profundo desânimo na vida deste homem, um momento de perseguição, angústia e dor onde se fosse valer apenas o seu coração humano, de certo ele teria deixado de lado o seu reinado. Agora vamos pensar um pouco: Quantas vezes você já pensou em deixar de lado o seu trabalho, seus estudos, uma amizade, quem sabe até mesmo o seu casamento ou o seu ministério? Momentos como estes são mais comuns do que você pode imaginar e o Senhor deixou muitas instruções a respeito disto, entre elas o texto de Tiago 5.10-11 onde lemos – “Irmãos, tenham os profetas que falaram em nome do Senhor como exemplo de paciência diante do sofrimento. 11 Como vocês sabem, nós consideramos felizes aqueles que mostraram perseverança. Vocês ouviram falar sobre a perseverança de Jó e viram o fim que o Senhor lhe proporcionou. O Senhor é cheio de compaixão e misericórdia”.  

O que mais podemos fazer 
para vencer esta situação?
Nestes momentos você é sempre estimulado a exercer a tal “paciência de Jó”, conforme lemos em Tiago, porém o profeta Davi nos dá mais alguns caminhos importantes a serem seguidos para vencer momentos de adversidades e perseguições. Vejamos o que ele diz: “Mas tu, Senhor, és o escudo que me protege; és a minha glória e me fazes andar de cabeça erguida  - Sl 3.3). Este versículo ensina um caminho precioso a ser seguido. Em primeiro lugar é preciso compreender que Deus é capaz de gerar toda a proteção necessária em meio as adversidades. II Samuel 22:31 diz: “Este é o Deus cujo caminho é perfeito; a palavra do Senhor é comprovadamente genuína. Ele é escudo para todos que nele se refugiam”. Se você for capaz de entender Deus como seu escudo poderá também exercer o restante do texto: Deus será a sua glória em meio as tempestades! Isto significa que mesmo nos momentos de maior aflição a sua fé não será abalada e prevalecerá em meio a todas as perseguições e adversidades – “Pois toda a humanidade (o grego diz carne) é como a relva e toda a sua glória como a flor da relva; a relva murcha e cai a sua flor, 25 mas a palavra do Senhor permanece para Sempre. O salmo também diz – “me fazes andar de cabeça erguida”. Não é fácil ter bom ânimo em meio as adversidades, não é fácil manter a cabeça erguida em meio as perseguições, porém se você puder compreender as perseguições como fatores espirituais e não apenas carnais, também poderá compreender que o poder em torno destas situações não é humano e portanto não está a cargo das pessoas que possivelmente estejam gerando este sentimento em você e sim de forças espirituais totalmente submetidas ao poder maior de Deus. Este poder divino possui amplo convencimento de que sua vida deve ir em frente sempre e em todos os sentidos e – “nisto vocês exultam, ainda que agora, por um pouco de tempo, devam ser entristecidos por todo tipo de provação - 1ª Pe 1.6).

Você consegue descansar em meio
 as adversidades (dificuldades)?
      

       Uma das maiores dificuldades encontradas em meio as adversidades é o sono. Uma pessoa assolada por problemas , quem sabe perseguições sente-se fora do eixo e do seu contexto normal e por causa disto perde o sono, deixando de dar ao corpo o devido descanso. Você certamente já se pegou acordado em um momento como estes procurando o sono teimoso em aparecer. Sem dormir você abre o canal para o filho das trevas atuar em sua vida gerando todos os prejuízos possíveis. “Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará nas trevas, mas terá a luz da vida - Jo 8.12). Veja também as palavras do salmista Davi – “Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém - Sl 3.5”. Davi compreendeu a necessidade de dar descanso ao corpo e a mente mesmo em meio as dificuldades. Este princípio simples abriu portas de bênçãos em sua vida capazes de gerar força física para guerrear e força espiritual para enfrentar os constantes ataques sobre a sua vida. Depois de compreender a necessidade do descanso Davi também recebeu uma nova interpretação em torno das adversidades em sua vida, veja: “Não me assustam os milhares que me cercam - Sl 3.6”. Talvez você esteja vendo um grande exército com milhares de homens contra Davi, mas como dissemos nada é somente físico (carne) então também podemos contemplar “legiões” (cerca de 5.000 anjos) indo contra o salmista. Neste sentido compreendemos a coragem e a autoridade gerada sobre Davi a partir do seu texto escrito e interpretado. Quantas vezes você já se abateu por causa de “um problema” e no entanto vemos este homem afirmar – “Não me assustam os milhares que me cercam”. Quem sabe é hora de você declara os versículos 7 e 8 como grito de vitória para sua vida e assumi-los verdadeiramente. Agora é a hora de você clamar e receber de Deus a unção para vencer as adversidades.

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.

AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG
SE ESTA MENSAGEM EDIFICOU SUA VIDA
CLIQUE NO G+1 DO GOOGLE
ASSIM ESTA MENSAGEM CHEGARÁ A MAIS PESSOAS