terça-feira, 11 de março de 2014

O segredo para ser vitorioso


Milhares de livros são escritos todos os anos com o mesmo tema: Qual o segredo para ser vitorioso? De fato todos estamos em busca da vitória no trabalho, nos estudos, nos relacionamentos e nos nossos ministérios. Nós somos herdeiros da promessa feita por Deus a Noé, Abraão, Isaque e Jacó e por isto não há erro em acreditar em uma vida bem sucedida em todos os sentidos. O sucesso e o fracasso representam os resultados das nossas ações e da nossa fidelidade diante de Deus. Há um precioso texto e 1ª. Reis 17.1-7  que diz: Então Elias, o tisbita dos moradores de Gileade, disse a Acabe: Vive o Senhor, Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a palavra. 2 Depois veio a ele a palavra do Senhor dizendo: 3 Vai-te daqui, e vira-te para o oriente, e esconde-te junto ao ribeiro de Querite, que está diante do Jordão. 4 e há de ser que beberás do ribeiro e eu tenho ordenado aos corvos que ali te sustentem. 5 Foi, pois, e fez conforme à palavra do Senhor; porque foi, e habitou junto ao ribeiro de Querite, que está diante do Jordão. 6 E os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã, como também pão e carne à noite, e bebia do ribeiro. 7 E sucedeu que, passados dias, o ribeiro se secou, porque hão tinha havido chuva na terra. Este texto relata o início do embate entre um rei que fez a escolha de seguir outros padrões religiosos e morais e um profeta combativo, capaz de enfrentar a voz da maioria em prol da voz de Deus. A vida do profeta Elias nos faz compreender os resultados da obediência ao Senhor, o único Deus verdadeiro, e as grandes bênçãos derramadas sobre quem o obedece e faz a escolha por servi-lo.
Lendo o versículo 5 encontramos o seguinte texto: “Foi, pois e fez conforme a palavra do Senhor...” e de certa forma este texto é uma chave espiritual capaz de abrir portas para uma vida vitoriosa diante das nossas necessidades e sonhos. Acabe juntamente com Jezabel haviam entregue Israel ao falso deus Baal. Segundo as crenças pagãs Baal controlava o clima, trazendo chuva e promovendo a fertilidade da terra. O profeta Elias não temeu e profetizou contra o Rei e sua esposa, dizendo: “Nem chuva, nem orvalho haverá nestes anos” (v.1). Muitas pessoas temem obedecer a Deus com medo das represálias que podem sofrer, quer sejam espirituais ou físicas. Elias, por sua vez, agiu conforme a vontade de Deus enfrentando, e logo depois “escondendo-se” em um local distante para evitar ser encontrado por seus inimigos. Perceba isto: Obediência traz resultados! Então seja obediente em todos os momentos não questionando com Deus se esta ou aquela condição é “agradável para você”. Elias foi esconder-se junto ao ribeiro de “Querite”, um lugar de difícil acesso em meio ao deserto, entretanto a provisão de Deus permaneceu com ele todo o tempo. Vejamos o versículo 6 – E os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã, como também pão e carne à noite, e bebia do ribeiro”. Nem sempre estar no deserto significa passar necessidade. Muitas vezes o Senhor nos permite entrar no deserto para aprendermos a respeito dos seus assuntos e desenvolvermos uma capacidade maior de confiar na sua provisão.

Cuidado com os 
seus desejos imediatistas
  O evangelho conforme é pregado na atualidade (em alguns ministérios) tende a gerar uma falsa expectativa nos cristãos. Segundo o entendimento de algumas vertentes evangélicas orações funcionam como uma espécie de ordem ao Altíssimo e  “devem” ser atendidas naquele exato momento. O texto em estudo nos ensina duas coisas importantes: PRIMEIRO – O Senhor atua conforme o tempo dEle e não o nosso. A oração de Elias poderia ter sido cumprida imediatamente. Elias talvez não desejasse passar pela constrangedora situação de fugir durante algum tempo dos seus afazeres em virtude de ter obedecido ao Senhor, enfim. Se Elias tivesse se revoltado com o Senhor nós não estaríamos hoje falando ao seu respeito. SEGUNDO – O Senhor atua como Ele quer e não como queremos.  Há uma forte tendência no homem em desejar ver suas expectativas correspondidas imediatamente. A mídia e as novas formações em termos sociológicos nos levam a acreditar nesta “necessidade”. Ao observarmos a vida de Elias, em especial nesta passagem, o vemos ser atendido “conforme a vontade de Deus”. Nenhum homem mesmo, não sendo Elias, gostaria de ser alimentado por corvos (vers. 4). Estes animais, além de serem considerados imundos pela lei mosaica também eram famintos, destruíam tudo o que vissem pela frente. Com isto o Senhor estava ensinando mais uma lição a Elias: Tudo está sujeito à lei de Deus e não a lei dos homens. Quando Deus ordena todos os animais todos os homens e todos os anjos obedecem.
CONCLUSÃO: Em Romanos 8.1 está escrito – “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”. A segurança do homem está em Cristo Jesus. Aquele que se submete aos seus mandamentos prospera em todos os sentidos da sua vida. Se você permanecer fiel a Deus em todas as áreas da sua vida até este deserto pelo qual você esteja passando será uma fonte de bênçãos tal e qual foi na vida de Elias. Abra o seu coração para Jesus e dê oportunidade para Ele fazer na sua vida o que fez na vida do profeta Elias. Se você for capaz de submeter a sua vida a Deus Ele submeterá todas as outras coisas a você por intermédio dEle. Filipenses 4.13 diz – “Tudo posso naquele que me fortalece”. Pelas misericórdias do Senhor hoje você pode clamar no nome de Jesus e buscar o seu porto seguro em qualquer área da sua vida onde esteja necessitando de uma vitória.

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.

AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG.