quinta-feira, 27 de março de 2014

O cristão de atitude e a vontade da carne

De certo em algum momento importante na sua vida você se viu obrigado a tomar uma importante decisão. Quem sabe este texto esteja remetendo suas lembranças ao dia em que você tomou a sua mais importante e difícil decisão. Para nós parece comum tomar decisões, elas fazem parte do nosso cotidiano mas diferente de todos os outros seres vivos o ser humano é o único capaz de tomar atitudes e decisões concretas. Animais e vegetais agem por simples instinto ou pela impulsão da própria natureza, não cabendo a eles nenhum tipo de autoridade sobre os seus atos. É comum admirarmos uma pessoa de atitude capaz de tomar decisões e acertar com elas. Estas pessoas são reconhecidas pelos seus acertos e chegam a escrever livros a respeito dos seus atos como forma de motivar outros a fazerem o mesmo.
 Quando transportamos isto para a vida espiritual encontramos o exemplo de Jesus como o maior entre todos os motivadores até os dias de hoje. Jesus definitivamente foi um homem de atitude enquanto esteve conosco na terra e continua sendo um poder soberano capaz de gerar na sua criação as atitudes necessárias para vencer todas as barreiras do dia-a-dia. Jesus nos mostrou como sair ilesos em relação às tentações de satanás. Na carta aos Hebreus 4.15 está escrito – “pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém sem pecado”. Neste texto compreendemos que Jesus está aberto a compreender e sentir (compadecer-se) das nossas fraquezas, entretanto Ele faz uma ressalva dizendo: “Passou por todo tipo de tentação, porém sem pecado”.

A melhor atitude para vencer tentações
 Existem diversas atitudes capazes de limitar o poder do inimigo em relação às tentações, mas uma em especial deve ser levada em conta: Entrega. Um cristão de atitude precisa necessariamente estar entregue à vontade de Deus utilizando a força da sua fé para atacar as tentações (vontades) de satanás. O Senhor nos deu a capacidade de decidir como iremos andar, mas também nos advertiu quanto aos resultados das nossas atitudes. Romanos 13.8 começa dizendo: “Não devam nada a ninguém”. Em outras palavras suas atitudes podem gerar duas coisas em especial: A primeira, positiva é “Crédito com Deus”, a segunda, negativa “Uma grande dívida com satanás” e ele é um excelente cobrador.  Ainda em Romanos 6.16 lemos – “Não sabem que quando vocês se oferecem a alguém para obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado  que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça? – Obedecer também é uma forma de atitude e você pode se espantar com isto mas talvez em algumas áreas da sua vida suas atitudes possam estar levando você a lugares perigosos. Nosso inimigo maior nunca desiste de atacar os nossos pensamentos e estimular a nossa vontade. Por mais que você tenha aceitado Jesus como seu salvador e procure durante boa parte do tempo estar focado na vontade de Deus, satanás não desiste. O seu desejo é quebrar a nossa linha de pensamento em relação a Deus nos fazendo obedecê-lo e tornando-nos seus escravos. Romanos 13.12 diz - A noite está quase acabando; o dia logo vem. Portanto, deixemos de lado as obras das trevas e revistamo-nos da armadura da luz.

A atitude do inimigo 
para escravizar o povo de Deus
Estamos morando em terra estranha, é preciso ter consciência disto todo o tempo. Para  tentar mudar a atitude correta dos cristãos a estratégia do inimigo está focada em manipular os nossos pensamentos. Mesmo não podendo atuar diretamente em relação ao nosso raciocínio ele utiliza todas formas possíveis para interferir na sua maneira de agir. Atualmente há um pensamento humanista generalizado onde nós somos o centro de todas as coisas e não Deus. Queremos ser os mais belos, os mais ricos e os mais bem sucedidos e se assim não for “não somos pessoas de atitude”.  O texto em Romanos 13.14 diz bem diferente – “Ao contrário, revistam-se do Senhor Jesus Cristo e não fiquem premeditando como satisfazer os desejos da carne” – e eis a diferença entre ser “um cristão de atitude” ou um “homem ou mulher de atitude”: Revistam-se do Senhor e não se deixem envolver pelos pensamentos da carne. Estamos vivendo os últimos segundos para a volta de Cristo e o Senhor necessita de jovens, mulheres e homens de atitude, prontos para o trabalho envolvidos em um só propósito e uma só visão: Acelerar e colaborar com a volta de Cristo e corrigir o pecado original, uma atitude que gerou condenação sobre a vida de todos os outros humanos na face da terra. Tome uma atitude agora e ore pela sua vida, da sua família e dos seus irmãos.         

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.
AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG.