sexta-feira, 6 de setembro de 2013

O PODER E A UNÇÃO DE JESUS ESTÃO EM VOCÊ


É comum nos jargões cristãos ouvir-se: “Aquele irmão é cheio de unção”. Quando ouvimos desta forma a impressão é de alguém com capacidade superior a dos outros à sua volta. Alguém cheio de algo, muitas vezes, inexistente na maioria das pessoas. Isto gera admiração e também gera respeito. Alguns, por não conhecerem a plenitude do amor de Deus, tem até medo.
Quando prestamos atenção nos textos bíblicos notamos que a “unção” está disponível para quem quiser receber e não necessariamente está destinada a esta ou aquela pessoa. Todos nós quando buscamos a unção para agir através do poder de Deus nos tornamos aptos a partir das nossas atitudes e dedicação. O palavra “unção” vista pela tradução grega deriva de “chrisma”, cuja transliteração mais simples poder-se-ia compreender como “receber a marca do Espírito Santo”. Todos temos este direito e esta capacidade, dependendo apenas de nós seguir o caminho para nos habilitarmos nela.
1ª. Coríntios 10.31-33 – Nos ensina isto com muita propriedade. O texto diz: “Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer coisa, façam tudo para a glória de Deus. 32 Não se tornem motivo de tropeço, nem para os judeus, nem para gregos, nem para a igreja de Deus. 33 Também eu procuro agradar a todos, de todas as formas. Porque não estou procurando meu próprio bem, mas o bem de muitos, para que sejam salvos. Este maravilhoso texto nos ensina muitas coisas importantes as quais você poderá aproveitar para habilitar-se na unção e no poder de Deus em diversas áreas da sua vida, gerando bênçãos ilimitadas sobre o seu ministério, sua família e sua vida secular.

        Para receber unção é preciso ser Cristocêntrico.
        Deus deu à sua criação grande liberdade em todos os sentidos. Temos autonomia de ir e vir, temos capacidade de julgamento e consequentemente de decidir a respeito de quase todo tipo de assunto pertinente ao nosso dia-a-dia. Esta “unção” buscada por cada um de nós, depende da forma como nós operamos nesta autonomia. O texto de 1ª. Coríntios 10 diz algo interessante: “...quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus”. Esta é uma importante chave para recebermos o poder advindo da unção de Deus sobre a nossa vida. O comer e beber não se refere apenas ao corpo físico mas também ao corpo espiritual no qual estamos inseridos. Esta passagem nos remete as explicações de Paulo quanto ao alimento sólido e o alimento líquido (Hebreus 5), nos revelando esta passagem de forma evolutiva e não apenas ligada a ingestão de alimentos. Em outras palavras “quer vocês comam ou quer vocês bebam” significa “quer vocês sejam novos na fé (ou imaturos) ou sejam mais velhos (conhecedores maduros)” – “Façam tudo para a glória de Deus”. Também reconhecemos a mesma linha de pensamento em 1ª. Coríntios 10.23Tudo é permitido, mas nem tudo convém, tudo é permitido, mas nem tudo edifica,  nos mostrando a grande liberdade dada por Deus a todos nós, mas assim como lemos no primeiro texto “façam tudo para a glória de Deus”, lemos na sequência de Coríntios 10.24ninguém deve procurar o seu próprio bem, mas sim o dos outros. Se você quer abrir portas de unção sobre a sua vida e dos seus, utilize a liberdade em Cristo para agradar a Deus e fazer o bem aos outros. O poder vai estar em você tão alto e claro como estava sobre a vida dos profetas e até mesmo do próprio Jesus, afinal Ele mesmo disse: “Vocês farão coisas maiores do que Eu fiz”.

Para receber unção é preciso seguir o mestre
Atualmente o termo unção é muito vago e utilizado de forma errada. Pessoas sem conhecimento de causa ou com conhecimento, mas com caráter duvidoso utilizam a chamada “unção” de maneira absolutamente mística (no mau sentido) e geram prejuízos grandes aos neófitos e aos incultos na palavra. A “unção” é habilitada sobre o homem a partir do momento em que ele copia os passos de Cristo. 1ª. Coríntios 10.32 nos previne quanto a isto: “Não se tornem motivo de tropeço...”. Jesus curou pessoas, impactou-as com a sua palavra e mudou o entendimento de muitos a respeito da antiga lei. Ele jamais fez um filho tropeçar, pecar ou perder a fé e este é um caminho para receber unção verdadeira. Paulo em 1ª Coríntios 11.1 disse: “Sejam meus imitadores como eu o sou de Cristo”. Note a relação entre as duas passagens: “Aquele que não faz tropeçar por lógica é imitador de Cristo”, então se você quer unção na sua vida “levante o caido”, “ame o próximo”, auxilie as pessoas no caminho da fé. Certamente haverá unção sobre a sua vida, forte e milagrosa!
Lembre-se você é criação de Deus, imagem e semelhança de Deus e o poder de Deus está habilitado na sua vida, bastando apenas dar alguns passos em direção as bênçãos maravilhosas do Senhor.

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz
Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.
(Se este texto edificou a sua vida, deixe o seu comentário e divulgue o nosso blog)