sábado, 9 de novembro de 2013

Transação aprovada! Prostitutas receberão com cartão de crédito em Minas.



        Um acordo entre a (Aspromig) Associação das Prostituas de Minas Gerais e a Caixa deu as “profissionais do sexo” o status de microempreendedoras individuais. O acordo resulta em uma série de outras vantagens para as prostitutas, entre eles, receber pagamentos via cartões de crédito e débito. Com o acordo elas ainda terão direito a salário-maternidade, auxílio-doença e outros benefícios sociais. A Caixa é a primeira instituição financeira a reconhecer prostitutas como profissionais.
Mais uma vez um plano arquitetado pelo diabo para destruir a família brasileira está em andamento. O fato deste sistema de facilitação no pagamento ser implantado em uma cidade tão proeminente como Minas Gerais indica às outras cidades importantes do Brasil a mesma direção. Desta forma não demorará até que todas as cidades importantes no País estejam autorizando prostitutas a receberem com cartão de crédito.
O povo cristão precisa acordar para esta situação e evidenciar a sua posição contrária quanto a esta afronta. Não se pode aceitar a facilitação do adultério. A família precisa ser protegida como fonte de segurança, ensino  e também exemplo para as próximas gerações e este passo é contrário a tudo isto.
Em suas orações peça a Deus para bloquear este duro golpe na família brasileira. Utilize as redes sociais e conscientize seus irmãos em Cristo para se posicionarem nesta situação. Há uma bancada chamada “evangélica” na Câmara e no Senado. Vamos mandar a eles e.mails com a nossa opinião em relação a este assunto e cobrar a resposta.
Lembre-se: Se Deus é por nós, quem será contra nós!