sábado, 9 de novembro de 2013

Qual a sua escolha: Piloto de avião ou comandante de navio?



Deuteronômio 30.11O que hoje lhes estou ordenando não é difícil de fazer, nem está além do seu alcance. 12 Não está lá em cima no céu, de modo que vocês tenham que perguntar: “Quem subirá ao céu para consegui-lo e vir proclamá-lo a nós a fim de que lhe obedeçamos?” 13. Nem está além do mar, de modo que vocês tenham que perguntar: “Quem atravessará o mar para consegui-lo e, voltando, proclamá-lo a nós a fim de que lhe obedeçamos. 14 Nada disso, a palavra está bem próxima de vocês; está em sua boca e em seu coração; por isso vocês poderão obedecer-lhe. 15 Veja que hoje ponho diante de vocês a vida e prosperidade, ou morte e destruição. 16 Pois hoje lhes ordeno que amem o Senhor, o seu Deus, andem nos seus caminhos e guardem os seus mandamentos, decretos e ordenanças; então vocês terão vida e aumentarão em número, e o Senhor, o seu Deus, o abençoará na terra em que vocês estão entrando para dela tomar posse.

S
E VOCÊ pudesse parar e pensar um pouco, qual teria sido a maior decisão da sua vida? Acredito que sendo Cristão tenha respondido: “Aceitar Jesus”. Pois bem, vamos deixar esta importante decisão de fora por alguns momentos e pensar mais um pouco para responder: Qual foi a maior decisão da sua vida secularmente falando? Talvez, casar-se, montar um negócio, estudar uma profissão... Enfim, toda decisão envolve projetos e sonhos e entre os nossos grandes sonhos dois são comuns para a maioria: O primeiro é voar, o segundo é navegar. Quem não já se imaginou voando para um determinado lugar dos sonhos, ou talvez navegando em um cruzeiro cheio de pompa. Quando pensamos em pilotos de avião e comandantes de navios logo vemos o glamour da profissão, porém, tanto o piloto como o comandante, estão incumbidos de uma tremenda responsabilidade. A cabine de um avião possui algo em torno de 500 botões, um navio dependendo do tamanho possui no mínimo esta quantidade de comandos disponibilizada apenas para o comandante. Agora pense um pouco e imagine que nestes botões estão colocadas, além de responsabilidades, o poder decidir por viver ou morrer. Foi o que vimos acontecer com o navio Costa Concórdia em janeiro de 2012, onde por uma má decisão do comandante morreram 32 pessoas. Por outro lado em Janeiro de 2009 o piloto americano Chesley Burnett transformou-se em herói nacional ao fazer um pouso cinematográfico no rio Hudson em Nova York. A calma e a experiência do piloto (e a mão de Deus) permitiram que 155 pessoas tivessem suas vidas poupadas naquele dia. Um comandante e um piloto, dois profissionais capacitados que tomaram decisões capazes de ceifar e salvar vidas. Nestes dois episódios encontrarmos perguntas interessantes: Que fatores poderiam ter levado o comandante do navio a tomar uma decisão como aquela? E o que teria dado ao piloto tanta confiança para fazer um pouso tão difícil?  

Abra sua bíblia  De fato tomar decisões não é fácil, analisá-las mais ainda. Agora a pouco você relembrou uma grande decisão da sua vida e certamente ela implicou em uma mudança no seu dia-a-dia. Isto acontece porque as nossas decisões lógicas e administrativas são muito mais complicadas do que as espirituais. O texto em Deuteronômio 30.11-16  nos informa isto de forma muito clara. Quando decidimos seguir a Deus o que antes era difícil precisa se tornar fácil. Na realidade não é preciso ser nem piloto de avião, nem coman­dante de navio para segui-lo (A não ser que você queira, claro!). Como lemos no versículo 11 nenhuma ordenança do Senhor é difícil demais e nenhuma das suas promessas é impossível de alcançar. Aprendemos o mesmo com o profeta Jeremias em 32.17 – Ah! Senhor Deus! És tu que fizeste os céus e a terra com o teu grande poder, e com o teu braço estendido! Nada há que seja demasiado difícil!”. Muitas pessoas pensam que seguir ao Senhor é algo extremamente complicado tal e qual pilotar um avião de grande porte, mas há 3.464 anos atrás o Eterno Deus já nos dizia exatamente o contrário através deste texto. Veja se não é isto que o Senhor nos diz nos versículos 12 e 13 – “12 Não está lá em cima no céu, de modo que vocês tenham que perguntar: “Quem subirá ao céu para consegui-lo e vir proclamá-lo a nós a fim de que lhe obedeçamos?” 13. Nem está além do mar, de modo que vocês tenham que perguntar: “Quem atravessará o mar para consegui-lo e, voltando, proclamá-lo a nós a fim de que lhe obedeçamos.”. Amados, decidir seguir Jesus é mais simples do que parece pelo fato dEle estar disponível para nós e ao alcance das nossas mãos. Vejamos o que fala Romanos 10.6-8 – “Mas a justiça que vem da fé diz: “Não diga em seu coração: ‘Quem subirá ao céu?’ (...) 7 ou ‘Quem descerá ao abismo?’(...) 8 Mas o que ela diz? “A palavra está perto de você; está em sua boca e em seu coração”, isto é, a palavra da fé que estamos proclamando. Veja se o apóstolo Paulo não nos diz a mesma coisa que citamos no versículo 14 – “Nada disso, a palavra está bem próxima de vocês; está em sua boca e em seu coração; por isso vocês poderão obedecer-lhe” .
 É impossível ter a palavra verdadeira na boca se ela não estiver em nosso coração (Mt 12.34b), da mesma forma é impossível desobedecer quando compreen­demos as vantagens de estar debaixo da autoridade de Deus. Esta aliás, é a diferença entre o naufrago e o herói da nossa história. Você tem duas opções hoje: Decolar ou naufragar,  (Dt.30.15) Veja que hoje ponho diante de vocês a vida e prosperidade, ou morte e destruição. A diferença está nos botões e nos controles e na maneira como vai utilizá-los e você poderá fazer isto agora tomando uma atitude: Em qual área da sua vida você precisa assu­mir o controle para não naufragar? Então assuma o controle hoje! Não há neces­­sidade de ser piloto de avião, basta você decidir pilotar a sua própria vida e isto fácil, se você deixar o copiloto Espí­rito Santo lhe ajudar, com certeza (v16) “o seu Deus, o abençoará na terra em que vocês estão entrando para dela tomar posse”. A terra refere-se às coisas naturais que se levantam contra nós. Hoje através de uma poderosa ora­ção o Senhor vai lhe dar domínio sobre a sua vida e aquilo que antes lhe impedia de estar no controle.

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.