quinta-feira, 1 de maio de 2014

Molhe os pés nas águas físicas e mergulhe nas águas do Espírito


Preposição: Todo homem ou mulher ao direcionar sua vida para Deus deseja receber as bençãos do Senhor prometidas sob as alianças estabelecidas com Moisés, Abraão, Isaque e Jaco, entretanto, para tornar estas bençãos realidade, antes é necessário dar um passo em direção a Deus, a salvação e a obediência. Para isto é absolutamente  necessario afastar-se das coisas físicas e humanas e entrar nas coisas espirituais e santas.

       Texto bíblico: Para compartilhar desta palavra quero convidá-los a abrirem suas bíblias no livro do jovem Josué, discípulo de Moisés, em um texto profético e poderoso escrito 1450 anos antes do nascimento do nosso Salvador. Por favor vá até o capítulo três, onde leremos o versículo7, que diz: “E o Senhor disse a Josué: ‘Hoje começarei a exaltá-lo à vista de todo o Israel, para que saibam que estarei com você como estive com Moisés’”. Ainda nesta mesma unção vamos ler também os versículos 11, 12 e 13 onde está escrito: “Vejam, a arca da aliança do Soberano de toda a terra atravessará o Jordão à frente de vocês. 12 Agora, escolham doze israelitas, um de cada tribo. 13 Quando os sacerdotes que carregam a arca do Senhor, o Soberano de toda a terra, puserem os pés no Jordão, a correnteza será represada e as águas formarão uma muralha.  

       Introdução ao tema: A história do Jovem Josué tem o seu início a partir do livro de Números, capítulo 20 onde aprendemos a respeito das Águas de Meribá um dos lugares onde povo mais uma vez murmurou contra Deus neste caso por falta de água para beber. Ali Deus nos deu um grande ensinamento, mostrando que a palavra santidade também significa justiça e autoridade. Moisés e Arão se retiram da presença da congregação, vão até a entrada da Tenda do Encontro e com os rostos em terra clamam por uma solução. Naquele momento a glória de Deus manifestou-se e o Senhor falou a Moisés – ‘(Nm 20.8Pegue a vara, e com o seu irmão arão reúna a comunidade e diante desta fale àquela rocha, e ela verterá água. Vocês tirarão água da rocha para a comunidade e os animais beberem’. Esta foi a ordem dada pelo Senhor aos dois, entretanto não foi isto que fizeram. Eles de fato chamaram a comunidade, porém as suas palavras e as suas atitudes foram diferentes. Eles disseram: “Escutem rebeldes, será que teremos de tirar água da rocha para lhes dar?. Então Moisés ergueu o braço e bateu na rocha duas vezes com a vara. Jorrou água, e a comunidade e os rebanhos beberam. De fato as águas jorraram e o povo bebeu, mas Moisés e Arão, de certa forma, não confiaram no Senhor. Ele disse: “Fale àquela rocha” e não “bata na rocha...”. Só por esta pequena desobediência Moisés e Arão ficaram impedidos de entrar em Canaã, a terra prometida pelo Senhor. Moisés, mesmo sendo quem foi, jamais pôde pisar em Canaã, no lirvro de Deuteronômio, capítulo 3, ele dá um relato do seu desespero por descumprir um ordem tão simples do Senhor. Naquela ocasião, numa conversa de “pé de orelha” com Josué, ele disse: (Dt. 3.23)Naquela ocasião implorei ao Senhor: 24 Ó Soberano Senhor, tu começaste a mostrar ao teu servo a tua grandeza e a tua mão poderosa! Que Deus existe no céu e na terra... Deixa-me atravessar, eu te suplico e ver a boa terra do outro lado do Jordão’, e o máximo que o Senhor lhe permitiu foi subir no alto de um monte e ver o lugar de longe.

Fica o recado para todos os que obedecem o Senhor “mais ou menos”. Efésios 5.6 – Ninguém vos engane com palavras vãs, pois por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Existe uma grande diferença entre fazer o que Deus manda, como Deus manda e fazer o que Deus manda como você quer! Não mude os estatutos de Deus na sua vida ou você perderá a grande chance de entrar na terra prometida de paz e liberdade prometida pelo Espírito Santo de Deus.

       Conforme prometido, cerca de 35 anos depois, morre Moisés e vamos encontrar Josué, seu discípulo por consequência, desesperado sem saber como agir no capítulo primeiro do livro com seu nome. Naquela ocasião de desespero e insegurança o Senhor falou com Josué e lhe disse: “(Josué) meu servo Moisés está morto. Agora pois, você e todo este povo preparem-se para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que eu estou para dar aos israelitas. Como prometi a Moisés, o lugar onde puserem os seus pés eu darei a vocês”.  

Já é chegada a hora de você parar de pensar nas aflições e nos problemas do passado. Deus quer derramar um renovo sobre você e sobre sua família. Deixe de lado as coisas velhas, abrace as coisas novas. Olhe para frente pois é hora de atravessar o Jordão. Deus não fala com gente caida, então levante-se. A promessa não é minha, é do Senhor: O lugar onde você colocar os seus pés o Senhor lhe dará por herança!

Seja forte e corajoso!
Porque você conduzirá este povo para herdar a terra que prometi sob juramento dos seus antepassados!
      
Você tem a obrigação de conduzir sua família e seu ministério adiante pelo caminho da salvação. Não olhe nem para a direita e nem para a esquerda pois é você o responsável. Deus falou com Josué depois da morte de Moisés e Deus também está falando com você através desta mensagem, quem sabe depois de uma grande perda ou um período de sofrimento.

       Desenvolvimento do tema: Após ouvir estas palavras Josué de fato se levantou e tomou uma posição de liderança diante do povo para conduzí-los por entre o rio Jordão e até a terra de Canaã. Para muitas pessoas o fato de chegar a Canaã tem efeitos apenas históricos, mas conforme uma concepção comum a travessia do Jordão significa morte, ao mesmo tempo que chegar à Canaã representa a vida num plano mais elevado e próximo de Deus mas que só pode ser atingido através de uma batalha terrena e espiritual. Em outras palavras e simbolicamente atravessar o Jordão significava para aquele povo morrer para uma vida antiga e renascer em um paraíso prometido pelo Senhor, nada diferente das premessas feitas pelo Messias a a todos os que creem na sua palavra.

As barreiras físicas e espirituais
       Deus havia feito uma promessa ao seu sacerdote Josué e também para o seu povo. Eles iriam finalmente sair de um lugar de sofrimento e dor para adentrarem em uma terra onde haveria leite e mel, porém, em tudo isto havia um grande impedimento chamado Jordão. Conforme nos diz o texto era época de colheita (Js 3.15) e neste período duas coisas aconteciam e poderemos aprender com elas; Primeiro: Na época da colheita as águas do Jordão transbordavam aumentando expressivamente a largura do rio e dificultando a sua travesia. Segundo: A correnteza do rio aumentava enormemente gerando uma força nas águas capaz de carregar árvores, animais e até mesmo homens e mulheres.

Quando não estamos na plenitude da nossa santidade não conseguimos enchergar com precisão as bençãos de Deus em meio as tribulações que se antecedem. O povo hebreu separado por Deus para chegar a um lugar de descanso parou de frente ao Jordão e de olhos esbugalhados olharam, a largura a profundidade e a força das água do Jordão e isto os encheu de medo. Em época de colheita o inimigo se levanta com muito vigor contra nós. Antes de uma grande vitória satanás reúne todas as suas forças para desanimar o povo de Deus tentando inverter verdade com mentira, neste caso colocando o Jordão que seria uma benção como uma ameaça de morte impossível de ser vencida.

       Veja se conosco também não é assim: Deus nos ordena a fazer algo e ficamos por meses e às vezes até anos avaliando a largura do Jordão: Será que eu consigo atravessar heim? Será que se eu voltar em outra época as margens não vão estar mais próximas e eu vou conseguir atravessar com mais facilidade? Também avaliamos a profundidade: Estas águas são muito profundas. Será que eu consigo nadar? Será que “vai dar pé” para mim? Indicando uma visão absolutamente humana da situação. Por outro lado também avaliamos a correnteza do Jordão: Mas e se eu conseguir entrar nessas águas o que vai acontecer quando eu estiver no meio da correnteza? E se eu for atingido por um grande tronco de ávore ou um grande animal trazido pela correnteza. Estas são as preocupações surgidas no meio do caminho, coisas capazes de nos fazer voltar atrás nas nossas decisões. Antes da travessia o Jordão representava uma grande barreira a ser vencida. Da mesma forma vencer os impedimentos que bloqueiam a sua santidade representam uma grande barreira em sua vida. Efésios 3:17-18 diz – “...oro para que estando arraigados e alicerçados em amor 18 vocês possam compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, 18 e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda plenitude de Deus.

Chegou o momento da sua vitória é hora de enfrentar a correnteza e atravessar a barreira da santidade. Hoje Deus está sobre a sua vida e vai te encher com a sua plenitude.

O que fazer para atravessar o Jordão
Deus nos escolheu como seus filhos queridos e deseja ver cada um de nós desfrutando de uma terra especial, onde emana o leite e o mel tão esperado. Você pode atingir estes objetivos. Pode ser um uma pessoa obediente diante de Cristo Jesus e repelir as investidas de satanás. Para isto acontecer em sua vida é preciso dar três passos importantes na vida do Cristão.

Primeiro – Tenha certeza da vitória
       O nosso Deus é de vitórias. Isto nós sabemos! Foram trinta e três reis vencidos até atingir os objetivos estabelecidos para o seu povo, entretanto a falta do conhecimento da palavra e a falta da consciência do poder de Deus muitas vezes nos impedem de atingir os nossos objetivos. Antes de chegar à terra prometida Josué enviou dois dos seus melhores homens para ir até lá e verificarem as condições da terra. Ali permaneceram na casa da um prostituta por nome Raabe. Raabe recebeu uma ordem do Rei de Jericó para expulsar os espias de Josué, porém ela e o povo de Jericó sabiam das histórias do povo de Deus. Ela sabia que não haveria como lutar contra o que havia sido predito pelo Deus daqueles homens. Por esta ocaisão ela disse aos homens: - “Sei que o Senhor lhes deu esta terra. Vocês nos causaram um medo terrivel, e todos os habitantes desta terra estão apavorados por causa de vocês”.

Raabe é um mulher prostituta, representando a igreja sem Deus e ela sabia que a terra onde estava pisando já não pertencia mais a ela e sim ao povo de Deus. Todos os habitantes de Jericó estavam apavorados e certos da derrota e você ainda tem dúvidas da sua vitória?

       Quando os dois espias voltaram a Josué lhe disseram: Sem dúvida o Senhor entregou a terra toda em nossas mãos e todos estão apavorados por nossa causa. Quando a bíblia diz que “todos” estavam apavorados nós podemos transportar esta referencia nos âmbitos físicos e espirituais.

Até os demônios já estão tremendo diante da grandeza do poder de Deus. Tenha certeza da sua vitória! Você vai vencer a barreira da santidade e vai atravessar o Jordão!

Segundo – Olhe a barreira frente à frente
Josue 3.1 diz – “De manhã bem cedo Josué e todos os israleitas partiram de Sitim e foram para o Jordão, onde acamparam antes de atravessar o rio. Você precisa ir para perto das barreiras a serem vencidas se quiser vencê-las. Você precisa ouvir e obedecer a voz de Deus com as suas promessas se desejar atingir os objetivos estabelecidos pelo Senhor na sua vida. Muitas pessoas querem mudar de vida, mas não saem do lugar onde estão. Sitim foi o último deserto antes da vitória. Talvez seja esta a útlima atitude que falta em sua vida para você ser tornar um crente vitorioso.  

Terceiro – Obedeça e não seja precipitado.
Josue 3.3 diz – “...Quando virem a arca da aliança do Senhor, o seu Deus, e os seus sacerdotes e levitas carregando a arca, saiam das suas posições e sigam-na. Eclesiastes capítulo 3 nos ensina haver um tempo determinado para todas as coisas. Não se adiante onde o Senhor ainda não ordenou. Preste atenção nas palavras e nas atitudes dos homens e mulheres de Deus separados para dirigir a sua congregação. Quando eles se movimentarem, movimente-se, quando eles pararem, pare. Na arca da aliança haviam três elementos: O Maná, as tábuas da Lei, e a vara de Arão. Na igreja há o Maná. Se você souber esperar vai ser alimentado conforme a sua necessidade, na igreja há regras a serem respeitadas então respeite-as e também não se intrometa nas coisas onde não é chamado e onde seus dons não são manifestados, e na igreja há uma autoridade. Se você deseja ser santificado na presença de Deus, obedeça a voz dos profetas estabelecidos sobre a sua vida.

Você será exaltado diante das suas dificuldades
Josue 3.7 diz – “Hoje começarei a exaltá-lo à vista de todo o Israel para que saibam que estarei com você assim como estive com Moisés”. Se você for capaz de dar estes três passos Deus vai exaltá-lo diante das suas dificuldades. Não haverá impedimentos para você atingir a santidade exigida pelo Espírito Santo e habilitar os tempos de refrigério em sua vida.

Mas afinal, alguém tem que molhar os pés!
       E depois de tudo isto, quem vai ser o primeiro? Depois de todas estas palavras e admoestações quem será o primeiro a tomar coragem e colocar os pés na água. Muitas vezes pregamos a palavra de Deus, oramos até e no final somente alguns tomam a atitude de molhar os pés e assumir uma posição de fé diante de Deus. Não pode haver dúvidas agora. Estamos chegando no momento crucial da travessia e Deus poderá escolher você para ser o primeiro assim como escolheu entre o seu povo naquele dia. Deus mandou escolher 12 israelitas, um de cada tribo. Eles deveriam passar à frente de todo o povo, e assim que os sacerdotes colocassem os pés do Jordão eles deveriam fazer da mesma forma. Molhar os pés significava acreditar antes de ver. Imagine a cena: Correnteza forte, aguas torrenciais atravessando como uma flexa de frente ao povo de Israel. Grandes animais e troncos de árvores sendo carregados pelas forças do rio Jordão e a ordem era: “Coloquem os pés na água”! É chegada a hora de você colocar os pés na água, é chegada a hora de você parar de querer ver para crer, é chegado o momento de tomar uma grande atitude em direção a sua santidade e parar de se preocupar com a largura, a profundidade e a correnteza do rio. Esta é uma ordença do Deus altíssimo e Ele está com você assim como esteve com Moisés.

A correnteza vai cessar na sua vida!
       Josué 3.15  - “...Assim que os sacerdotes que carregavam a arca da aliança chegaram ao Jordão e seus pés tocaram as águas, 16 a correnteza  parou de correr e formou uma muralha a grande distância...”. Dezenas de milhares de pessoas estavam no campo visual dos sacerdotes e dos homens escolhidos para atravessar o Jordão em primeiro lugar. Talvez muitos estivessem pensando que seriam levados pela correnteza, mas ao contrário da forma como pensaram as fortes águas estancaram bem distantes do povo de Deus.

Dê um primeiro passo e Deus vai estancar distantes de você todas as barreiras que lhe impedem de atingir a santidade. Dê um primeiro passo e Deus vai afastar de você a correnteza, a tristeza, a doença, as batalhas familiares e todas as outras forças impostas por satanás. Ainda hoje você será exaltado diante de todo o Israel e o nome do Senhor será exaltado!

Mergulhe nas águas espirituais
       Muitas pessoas me perguntam como entrar no “Espírito” ou seja como ascender à tamanha condição de santidade e autoridade a tal ponto de mergulhar literalmente na presença do Espírito Santo de Deus e dar liberdade a Ele para operar em nossa vida. A resposta e o segredo para esta questão estão exatamente no fato de vencermos primeiro as barreiras físicas que nos impedem de ver as  coisas espirituais. Você precisa dar o primeiro passo, antes de ver o milagre acontecer, você precisa ter fé no poder de Deus, você precisa molhar os pés! Quando você conseguir agir assim Deus vai cessar todas as correntezas físicas que tentam levar você para lugares de destruição e vai mergulha-lo nas águas do Espírito. Você vai ser cheio de autoridade e liberdade para adorar  e sentir esta presença vigorosa sem sua vida.  Esta pregação (este texto) fala sobre o rio Jordão e a travessia de uma correnteza física, porém mais do que isto a travessia do Jordão é uma travessia espiritual, onde mergulhamos nas águas poderosas do Espírito Santo de Deus e somos renovados na sua presença.

Mergulhando nas águas do Espírito
Convido todos vocês servos e servas do Senhor a ficarem de pé agora. É o momento separado por Deus para cada você enfrentar as correntezas levantadas contra a sua vida, atravessar o Jordão e mergulhar na presença  do Espírito Santo de Deus.

       Isto não é mais uma igreja (trabalho, escola, casa ou onde quer que esteja lendo este texto), neste momento seus pés não estão calçados. Eu quero que você sinta os grãos de areia entre os dedos, ouça o barulho da correnteza e o grande borburinho à sua volta. Eis que o Senhor está ao seu lado e Ele lhe diz: Hoje mesmo você será exaltado diante das suas lutas e dificuldades. Você vai vencer a correnteza física e entrar nas águas do Espírito Santo de Deus.

O texto que pregamos fala a respeito de um rio físico e uma correnteza física, mas ele está diretamente ligado com outro texto escrito cerca 900 anos depois de Josué onde vemos um rio espiritual e uma correnteza espiritual. No livro de Ezequiel capítulo 47, ele foi visitado por um homem, um anjo poderoso do Senhor. Ezequiel é levado até a entrada do templo e vê um manancial de aguas fluindo da soleira do templo. Logo depois ele foi puxado para fora do templo. Uma das mãos está presa a mão de Ezequiel, na outra o homem segura uma corda de Medir. Ezequiel olha as águas fluindo por debaixo da soleira do templo e quando ele menos espera o homem começa a puxá-lo pela correnteza daquelas águas. A princípio Ezequiel não compreendeu, mas também não pôde resitir pois a força daquele homem era maior do que a força das suas pernas. Não há palavras nesta hora mas a mensagem estava no olhos do homem que puxava Ezequiel: “Eu estou tirando você das correntezas físicas e vou mergulhá-lo nas águas espirituais!

Agora não é momento de resistir, agora é momento de ceder. Deixe o anjo do Senhor conduzir você até as águas mais profundas. Não bloqueie a sua santidade, não bloqueie a unção sobre a sua vida. Deus vai operar milagres agora!

       ...E tendo sido puxado, o homem mediu 500 metros. Ezequiel olha para baixo e seus pés estão cobertos de água. Seu coração está acelerado pois olhando para o leste e a sua frente, uma montanha de água se levanta diante dele, porém algo acontece neste momento: O medo de entrar nas águas do espírito passaram! Ele foi o primeiro a molhar os pés. O primeiro a molhar os pés sempre segura não mão de Deus. Uma sensação de conforto atinge o coração de Ezequiel, seus pés estão sendo acariciados como se fossem por uma mão suave e carinhosa. Ezequiel não sabia, mas ali estavam as mãos de Deus lavando todos os seus pecados.

Segure na mão do Senhor nesta noite, ele quer levá-lo a um lugar de conforto e tal e qual o filho fez com seus discípulos Deus está lavando a sua vida de todos os seus pecados, todas as suas transgreções. O diabo havia acabado perder autoridade sobre a vida de Ezequiel. O diabo acaba de perder autoridade sobre a sua vida.

       Continue nesta caminhada comigo. Agora o anjo olha para os pés de Ezequiel, olha no rosto de Ezequiel, seus olhos brilham e não brilham como um olho qualquer pois está escrito: “Seus olhos (os olhos de Deus) são como fogo! Com um olhar de autoridade e ao mesmo tempo de amor, o homem dá um leve puxão nas mãos de Ezequiel e lhe convida a andar mais 500 metros. Ezequiel caminha com o homem e as águas que antes estavam nos seus pés agora atingem os seus joelhos. Neste momento algo estranho acontece: Seus joelhos são tocados pelas águas e perdem as forças. Por vezes ele tem de apertar a mão do homem ao seu lado para não cair. Mas subitamente a dor sentida nos seus joelhos o leva até o 2º capítulo da sua história onde no versículo primeiro o Senhor lhe diz: Filho do Homem! Fique em pé pois eu vou falar com você! Logo após entre outras palavras Ele disse: Filho do homem não tenha medo, mesmo que esteja entre espinheiros e escorpiões não tenha medo.

Segure na mão do Senhor, agora que você deu o primeiro passo o Senhor vai ajudá-lo a vencer o medo e vai lhe dar coragem para falar e obedecer as suas palavras conforme está no seu livro sagrado. Receba a vitória sobre os medos em sua vida!

       E diz a bíblia que o homem mediu mais quinhentos metros, e tendo levado consigo Ezequiel, as águas agora tocam à sua cintura. Ezequiel olha pra baixo e não vê mais nada da cintura para baixo. Somente as águas do Senhor. Ele se assusta pois a força das águas é muito forte. Ondas batem no alto da sua cintura e o empurram para trás, porém quando ele menos esperava lá estava a mão do homem segurando firme nas mãos dele. As águas na cintura representam a vitória sobre todo tipo de resistência sobre a sua vida. As águas na cintura significam que seus pés, seus joelhos e suas pernas, estão mergulhados no poder de Deus. De certo você já viu um homem sem pernas vivo e ativo, mas você nunca viu um homem sem a parte de cima do corpo vivo. Isto acontece porque é da cintura para cima onde estão os orgãos mais importantes, e onde é mais dificil de entrar na presença de Deus. Muita gente, anda até a igreja, caminha com Deus, pula na presença do Senhor, mas não entrega o coração para Deus.
      
Você precisa vencer esta resistência. Deus está lhe dando autoridade hoje para se entregar por inteiro ao Senhor, não existe meio crente. Existe crente por inteiro.

       Ezequiel continua com as mãos firmes no homem espiritual ao seu lado. Você precisa estar com as mãos firmes no homem espiritual ao seu lado. Um último convite, uma útlima atitude a ser tomada. A correnteza era forte, as águas já cobriam até a cintura de Ezequiel, mas era hora de ir adiante. É hora de você ir adiante! Não deista agora, não pare agora. Só mais 500 metros e você vai atingir um nível superior de santidade e autoridade! O anjo segura firme na mão de Ezequiel, mede mais 500 metros e acredito que o seu olhar só dizia uma coisa: É agora Ezequiel! Ou vai ou fica. Ezequiel não pestanejou, porém o versículo 5 de Ezequiel 2 diz – “era um rio que ele não conseguia atravessar, porque a agua havia aumentado e era tão profunda que só se podia atravessar a nado; era um rio que não se podia atravessar andando. Ezequiel está uma uma encruzilhada agora. Ou ele voltava ou nadava. Não havia outra opção. Só que havia um porém nessa história. Não dá pra nadar segurando na mão de alguém. O único jeito era confiar nas palavras do homem e nadar.

Agora é hora de você mudar a sua forma de andar. Vamos parar de andar e vamos começar a nadar. Deus vai fazer maravilhas em você e na sua vamília. Você vai nadar de braçadas nas águas do Espírito e será cheio da unção, da glória e da autoridade para vencer todas as barreiras e dificuldades da sua vida.

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.

AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG.