domingo, 6 de julho de 2014

O Blecaute da alma e a luz de Deus


    O texto que leremos pertence ao profeta messiânico Isaias, isto porque em suas escrituras está a mais densa obra a respeito do Messias que haveria de vir após o seu tempo. O texto que leremos está no capítulo 50 e entre os versículos 10 e 11 e diz: “Quem entre vocês teme o Senhor e obedece à palavra de seu servo? Que aquele que anda no escuro e não tem luz alguma confie no nome do Senhor e se apoie em seu Deus 11 Mas agora, todos vocês que acendem fogo e fornecem a si mesmos tochas acesas, vão, andem na luz de seus fogos e das tochas que vocês acenderam. Vejam o que receberão da minha mão: Vocês se deitarão atormentados.
Entre os capítulos 40 e 50 o profeta Isaias mostra o Senhor como servo sofredor, mas especialmente nos versículos 10 e 11 do capítulo 50 ele deixa de falar do Senhor e fala a respeito da postura a ser assumida por quem deseja servir ao Pai e ao Filho revelados nestes capítulos. Numa postura bastante enfática Isaias desafia aqueles que andam nas trevas a permanecerem na presença do Senhor. Eis um desafio grande nos dias de hoje! Manter-se sobre a luz de Deus mesmo quando fisicamente estamos entre trevas.
       Você já deve ter ouvido falar a respeito de blecautes. Certamente já deve até mesmo ter presenciado um blecaute. Aqui no Brasil, em 11 de março de 1999 passamos por um dos maiores apagões da história. Cerca de 70% das luzes do País se apagaram gerando prejuízos em diversas áreas da economia. No dia um grande clima de insegurança foi instaurado no País e milhares de brasileiros se trancaram às escuras em suas casas com medo de terem saqueadas suas residências. Hospitais contavam nos dedos os minutos pois sabiam que seus geradores não suportariam muito tempo e na falta deles milhares e milhares de pessoas internadas em leitos de UTI poderiam perder suas vidas.
      Momentos de blecaute são desafios para a humanidade. Uma hora está tudo muito bem, maquinas funcionando TV ligada, internet funcionando mas de repente, como se num piscar de olhos (apagar as luzes)... Estamos no escuro! Nesta hora percebemos como somos vulneráveis a um simples “click”. Sem a luz nós tropeçamos, batemos nas quinas dos móveis, e não somos capazes de enxergar nossos amigos ou quem sabe inimigos a 10 centímetros do nosso nariz. Entretanto, da mesma forma como a luz se foi ela volta e de repente (acender a luz) estamos novamente no claro e enxergando. Tudo não passara de um simples blecaute. Neste sentido o desafio proposto pelo profeta Isaias está em conseguir ser fiel em ambas as situações, tanto nas trevas como também sob a luz. De certa forma o desafio maior está proposto em “andar nas trevas, sem luz nenhuma e mesmo assim manter-se fiel a Deus”.

Reconhecendo os blecautes na vida do Cristão
       Todos nós cristãos estamos sob à luz de Deus. No Salmo 119.105 – está escrito: “A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e clareia o meu caminho”, porém não podemos deixar de compreender a nossa existência em um mundo de trevas. Ainda estamos alocados em um lugar onde reinam as trevas e por vezes somos submetidos a elas. Existem muito momentos difíceis, traumáticos, dolorosos em nossas vidas que podem ser comparados a um blecaute, às vezes total, às vezes parcial. Momentos onde ficamos acuados, chateados, amedrontados, onde nossos sentimentos ficam à flor da pele, onde agimos de forma contrária ao nosso padrão de educação e santidade.

      
       - A doença é um blecaute na sua vida
       - A traição é um blecaute na sua vida
       - O desemprego é um blecaute
       - O filho viciado é um longo blecaute
       - A injustiça é um blecaute sem data para acabar

       Enfim, estes são tempos difíceis, dias maus onde nossa fé é profundamente testada. Nestes momentos ficamos vulneráveis aos pensamentos humanos, muitas vezes duvidamos da presença (luz) de Deus em nossa vida e ficamos como aqueles que choram em Sião: “Ao invés de uma coroa, cobertos de cinzas, no lugar da alegria, pranto e ao invés de um espírito de louvor, um espírito deprimido”. Os blecautes em nossa vida revelam exatamente quem somos diante de Deus. Se somos cristãos convictos ou se somos cristãos convencidos. Se somos homens e mulheres de fé, ou apenas seguidores de uma filosofia ideológica.
       Nesta hora sempre aparecem os abutres de plantão prontos para nos cobrar ou acusar: Mas você não é crente? Mas é o pastor não vai fazer nada? Mas e os irmãos? Mas você não vai na igreja todo domingo? Enfim, chegamos facilmente ao nosso amigo de bíblia Jó, capítulo 2 e versículo 9 quando no ápice do seu sofrimento ouve de sua mulher: “Você ainda mantêm a sua integridade? Amaldiçoe a Deus e morra!” e no capítulo 3 nos versículos de 3 a 5 nós vemos a instrospecção de vida de alguém vivendo nas trevas: “Pereça o dia do meu nascimento e a noite em que eu disse nasceu um menino!” 4 Transforme-se aquele dia em trevas e Deus, lá do alto não se importe com ele; não resplandeça a luz sobre ele. 5 Chamem-no de volta às trevas e a mais densa escuridão; coloque-se uma nuvem sobre ele e o negrume aterrorize a sua luz. Pode não parecer mas esta uma oração feita por Jó em um momento de grande dificuldade.

       Jó nunca havia passado por tal situação em sua vida. Talvez este momento em sua vida esteja sendo como o de Jó. Talvez você esteja vivendo uma época difícil, um grande blecaute onde nada está dando certo, as situações estão indo de forma contrária aos seus projetos. Tal e qual aconteceu com Jó, talvez Deus esteja permitindo esta situação em sua vida para você aprender a conviver com determinados momentos e crescer com eles. Um pensador e escritor evangélico por nome James Houston expressou de forma muito eficaz esta situação ao dizer: “Precisamos da ausência de Deus afim de apreciarmos melhor a sua presença”. Esta pode ser a temática atual da sua vida e é preciso tomar uma decisão. O que você vai fazer? Acender uma lanterna ou se deixar guiar pela luz divina? Agir conforme a sua carne ou permitir que o Espírito Santo atue sobre a sua alma?

Jesus é a luz verdadeira
       Não há como seguir a Deus sem deixá-lo gerir a sua vida. Em João 8.12 está escrito: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará nas trevas mas terá a luz da vida”. Desde o princípio Deus tem feito diferença entre luz e trevas. Em Gênesis 1.4 está escrito: “Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas”. Desde o princípio o Senhor fez questão de separar o bom do ruim, e bem e o mal. Nós é que confundimos as coisas e com nossas lamparinas, tentamos transformar trevas em luz e como sabemos Deus é permissivo. Insistir em manter nossas lamparinas acesas nada mais é do que impedir o poder do Espírito de atuar em as vida. Foi o que aprendemos em Isaias 50.11 - Mas agora, todos vocês que acendem fogo e fornecem a si mesmos tochas acesas, vão, andem na luz de seus fogos e das tochas que vocês acenderam. Vejam o que receberão da minha mão: Vocês se deitarão atormentados.
      
Está na hora de apagar a lamparina e perder o medo de andar no escuro. O Salmo 107:14 diz: “Ele nos tirou das trevas e da sombra da morte, e quebrou nossas prisões”. É Deus quem pode quebrar essas correntes na sua vida! É Deus quem pode mudar esta situação de trevas em uma situação de Luz. Tome coragem, largue mão desta lamparina, e entregue-se à luz divina. Certamente a sua vida vai mudar.

Como sair da escuridão e entrar na luz
       Esta é a pergunta de milhares de irmãos e irmãs. Vamos responder esta questão utilizando a carta de Paulo aos Filipenses. No capítulo 2 e no a partir do versículo 12 há um intertítulo: “Brilhando como Estrelas”. Se você deseja sair das trevas e bilhar como as estrelas é preciso seguir os passos descritos nesta passagem. Abra o seu coração e receba o caminho para um nova vida em Cristo onde você por intermédio dEle será luz e não trevas.

No blecaute obedeça a Deus
12 Assim meus amados, como sempre vocês obedeceram, não apenas na minha presença, porém muito mais agora na minha ausência...
Deus não abandona seus filhos, Deus treina seus filhos em determinados momentos e os prepara para vitória maiores. Você pode ser um soldado em missão distante de seu comandante, mas continua sendo um soldado, então “marnche”, “lute”, “não desista”. Os planos de do comandante para a sua vida não podem ser frustrados!

No blecaute exerça autoridade
12 ...Ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor
Não se prostre diante dos problemas. Este é o desejo do diabo para sua vida. Declare a sua salvação, e tenha consciência de que o inimigo vai tremer diante da sua santidade!.

14 Façam tudo sem queixas e nem discussões
Não murmure, não discuta com Deus, não desfaleça sua fé. Deus conta com a sua fidelidade para iluminar sua vida e tirar você da dificuldade. Abra a sua boca e louve o nome do Senhor mesmo nos momentos difíceis. O seu louvor é o combustível para a luz divina iluminar os seus passos.

Conclusão: Nenhuma situação de dificuldade pode afastar você de Deus. No dia em que nascemos dizem: “Nossa mãe deu a luz...”. Cristo deu a luz divina sobre todos nós. Você nasceu sobre a luz do Espírito Santo e nada pode tirar esta convicção do seu coração.


Vai chegar o novo tempo!
Apocalipse 22:5 - Não haverá mais noite: Eles não precisarão de luz e de candeia nem da luz do sol, pois o Senhor Deus os iluminará; e eles reinarão para todo o sempre


pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.

AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG