terça-feira, 1 de julho de 2014

O cristão agente secreto

ANDANDO pelas ruas você contempla diferentes personalidades e comportamentos expressos através de roupas, adereços e formas de comunicação. Não é difícil reconhecer uma tribo moderna através da forma de se vestir e comportar. Facilmente você reconhecerá os roqueiros, emos, fanqueiros, forrozeiros e até os fanáticos por algum time com um símbolo estampado no peito e nas costas. Também não será difícil reconhecer um advogado, um médico ou até mesmo um mecânico em meio à multidão, dadas as características da sua roupa e o seu comportamento. Atualmente encontramos dificuldades em reconhecer os cristãos. Isto tudo nos leva a uma questão: Será que a forma como você anda, fala e se veste o identifica como uma pessoa cristã? Uma pessoa olhando para você verá estampado em seu coração e suas costas a cruz de Cristo? Atualmente o evangelho tem sido “modernizado”. Algumas denominações tem alterado a forma de compreendê-lo dando ampla liberdade comportamental aos seus discípulos. Há entre os cristãos modernos aqueles que entendem ser normal namorar e não casar, usar cortes estranhos, roupas extremamente apertadas e decotadas, piercings, tatuagens, além de palavreados e gírias fora do contexto ideal para Deus. A “modernização” do evangelho criou uma nova classe de cristãos: O cristão “agente secreto”. Este tipo transita em meio a todas as tribos sem ser percebido como Cristão. Olhando para ele você verá um roqueiro, um fanqueiro, um corintiano ou palmeirense talvez, mas jamais você verá um Cristão, contrariando a palavra de Deus em 1ª Timóteo 1.16 onde está escrito – “Mas por isso mesmo alcancei misericórdia, para que em mim, o pior dos pecadores, Cristo Jesus demonstrasse toda a grandeza da sua paciência, usando-me como exemplo para aqueles que nele haveriam de crer para a vida eterna”. Na carta aos Romanos 10.14 encontramos uma pergunta que ecoa até os dias de hoje – “Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? Como ouvirão, se não houver quem pregue?”. E então, como seus amigos vão crer em Jesus se você não falar de Jesus para eles? Como seus parentes vão acreditar em Jesus se você não pregar a palavra de Deus para eles?  A palavra pregar deriva do grego e basicamente significa “proclamar, publicar ou anunciar”. Entenda isto: Você está constantemente convocado a pregar em um púlpito pessoal de onde jamais deve descer um cristão. Este púlpito pode ser a rua da sua casa, o escritório onde você trabalha ou sua escola. Talvez você não seja bom com palavras, mas é exatamente ai que está o maior segredo: Pessoas não se baseiam na totalidade do que você fala e sim na totalidade do que você fala e faz. Em geral 90% da sua comunicação é “não verbal” composta de todas as outras forma de comunicação disponíveis ao corpo quer seja na forma de vestir, andar ou comportar-se. Em Mateus 18.7-8 lemos – “Ai do mundo, por causa das coisas que fazem cair no pecado! É inevitável que tais coisas aconteçam, mais ai daquele por meio de quem elas acontecem! 8 Se a sua mão ou o seu pé o fizerem tropeçar, corte-os e jogue-os fora. É melhor entrar na vida mutilado ou aleijado do que, tendo as duas mãos e os dois pés, ser lançado no fogo eterno”. Isto nos faz entender que participar das coisas do mundo além de perigoso para o corpo é perigoso para o espírito. Se você é cristão, o seu comportamento precisa ser voltado para os cristãos. Aprendemos assim em 1ª. Timóteo 3.7 – “Também  deve ter boa reputação perante os de fora, para que não caia em descrédito nem na cilada do diabo”.

   
    Que tal você pensar um pouco agora? Como demonstrar aos seus amigos, vizinhos e parentes que você é um cristão convicto? Para compreender melhor a continuação deste texto sugiro a leitura do texto bíblico exposto em Tessalonicenses 5.16-26 – Alegrem-se sempre. 17 Orem continuamente. 18 Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. 19 Não apaguem o Espírito. 20 Não tratem com desprezo as profecias, 21 mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom. 22 Afastem-se de toda a aparência do mal. 23 Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que o espírito, a alma e o corpo de vocês sejam preservados irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 24 Aquele que os chama é fiel e fará isso. 25 Irmãos orem por nós. 26 Saúdem todos os irmãos com beijo santo (ósculo santo).  O texto em 1ª. Tessalonicenses possui algumas respostas importantes. Vejamos alguns: PRIMEIRO no Verso 16  lemos: “Alegrem-se sempre!” Expresse de forma cristã a sua alegria em participar da doutrina de Cristo e confirme em suas palavras e atitudes o Salmo 144:15 – Como é feliz o povo assim abençoado! Como é feliz o povo cujo deus é o Senhor”. SEGUNDO no Verso 19 lemos: “Não apaguem o Espírito” – Apagar o espírito é tirar de você a luz que deve brilhar em sua vida todo o tempo. Não adianta ter luz apenas na igreja, ela precisa estar com você o tempo todo pois – “Você é a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte, e também ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha...”. TERCEIRO no Verso 22 lemos: Afaste-se de toda a aparência do mal – Você tem liberdade no espírito para se vestir, pentear e até utilizar adereços mas tome cuidado. Olhe para você antes de sair e pergunte: O que Jesus diria da minha aparência? O que as pessoas vão pensar de Jesus ao verem minha aparência? e depois disto tome uma decisão quanto ao que vestir e como se enfeitar. Em Levíticos 19.28 está muito bem escrito – “Não façam cortes no corpo (...) nem tatuagens em vocês mesmos. Eu sou o Senhor”, lembre-se de que há um juiz dentro de você chamado consciência e ele está diretamente ligado ao Pai. Na dúvida não use, na dúvida não fale, na dúvida não faça, na dúvida não coma pois – “aquele que tem dúvida é condenado se comer, porque não come com fé; e tudo o que não provém da fé é pecado”. QUARTO noVerso 26 lemos: “Saúde todos os irmãos com o (ósculo) beijo santo – Esta é a forma de saudar e mostrar aos que não conhecem a palavra de Deus que você é cristão. Não tenha medo nem tampouco vergonha. Que tal fazer isto agora! Certamente há alguém ao seu lado a quem você pode cumprimentar e demonstrar as suas características cristãs.

pr. altamir de souza
Na Visão de Multidões!
Shalom Aleichem, Aleichem Shalom
A paz seja convosco, convosco esteja a paz

Todos os nossos textos são liberados para estudos, pregações em pequenos grupos ou igrejas. A publicação dos textos entretanto só deverá ser feita mediante a autorização por escrito do autor.

AJUDE-NOS A DIVULGAR ESTE BLOG