quarta-feira, 5 de setembro de 2012

O novo e o vivo caminho



“Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. 2 Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar. 3 E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver. 4 Vocês conhecem o caminho para onde eu vou.

Jesus disse: Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim (Jo. 14.6).

Quando falamos a respeito do céu, ou ouvimos falar pelo menos, acredito ser difícil para qualquer pessoa, mesmo não estando tão próxima do evangelho, não querer chegar lá um dia. Muitas vezes, em discussões a respeito de religião, ouvimos a seguinte declaração: “Estamos em caminhos diferentes, mas um dia chegaremos ao mesmo destino”. Será que é isto mesmo que a Bíblia diz?
Certa vez, um cristão tentou explicar o caminho para a vida eterna a um viajante, mas ele retrucou, dizendo: “Não vejo as coisas como o senhor, não creio como o senhor”, então o outro respondeu: “O que o senhor pensa sobre isso não importa tanto quanto o que Deus diz na Bíblia, a sua palavra”. É neste livro que está a direção para o céu. Se quero ir aos Estados Unidos, devo ter um passaporte com o visto de acordo com as leis daquele pais. Se quisermos entrar na pátria celestial, devemos considerar as direções que Deus nos dá em seu livro”.
Então, qual é esta direção indicada pela Bíblia para chegar ao céu e viver eternamente com Deus? No texto que você acabou de ler Jesus fala dos aposentos que prepararia para seus seguidores na casa do Pai. Diante da dúvida de Tomé, ele afirmou ser “o caminho, a verdade e a vida”, e também o único meio de acesso ao pai, ou seja, o único caminho até Ele.  Em Hebreus 10.19-23 encontramos o chamado "apelo à perseverança" - 19 portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus, 20 por um novo e vivo caminho que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo. 21 Temos, pois um grande sacerdote sobre a casa de Deus. 22 Sendo assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada, e tendo os nossos corpos lavados com água pura. 23 Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel. Hoje, então, nós podemos viver na presença de Deus porque um novo e vivo caminho foi aberto por Cristo, quando este morreu na cruz, derramando seu sangue em nosso lugar. Podemos agora nos aproximar de Deus com um coração sincero, e plena convicção de fé, pois nossos pecados (aquilo que desagrada a Deus) já foram perdoados e fomos purificados, limpos com “água pura”. Também podemos confiar nas promessas de Deus, pois experimentamos sua fidelidade no cumprimento de sua Palavra. Agora, tendo a direção dada pela palavra de Deus, sigamos pelo vivo e novo caminho que é Jesus.
O Senhor nos adverte, dizendo: "Não se turbe o vosso coração" - Você não deve se deixar levar pelas preocupações do seu dia a dia. Controle os seus pensamentos, e por consequência as suas atitudes. Não se deixe levar pela ansiedade que muitas vezes nos faz errar e até mesmo pecar. O novo e o vivo caminho de Deus para a sua vida, precisa ser aberto passo a passo e com oração e perseverança você certamente vai atingir este objetivo. 
Pr. Altamir de Souza - Nele, por Ele e para Ele.

Jesus abriu um caminho novo e vivo para chegarmos à nova vida ETERNA.