sábado, 5 de janeiro de 2013

DEUS VAI ABENÇOAR TUDO QUE ESTIVER NA SUA MÃO


Êxodo 4.1-5 – Moisés respondeu: “E se eles  não acreditarem em mim nem quiserem me ouvir e disserem: “O Senhor não lhe apareceu?” 2. Então o Senhor lhe perguntou: “Que é isso na sua mão?” – “Uma vara”, respondeu ele. 3. Disse o Senhor: “Jogue-a ao chão”. – Moisés jogou-a, e ela se transformou numa serpente. Moisés fugiu dela, 4. Mas o Senhor lhe disse: “Estenda a mão e pegue-a pela cauda”. Moisés estendeu a mão, pegou a serpente e esta se tornou uma vara em sua mão.

Este episódio ocorre na mesma época da sarça ardente, em que o Espírito Santo de Deus se revelou a Moisés. Acredito que qualquer um de nós tomado pela revelação profética de um fogo que não consumisse a sarça em um território tão árido, estaria suficientemente impactado para tomar qualquer posição a favor das ordens de Deus, porém não foi o que vimos na vida de Moisés, assim como não é o que realmente vemos na vida de muitas pessoas atualmente. Somos impactados a todo tempo pelo fogo do Espírito Santo de Deus, em tempo, o seu amor, as suas maravilhas, e os seus grandes milagres realizados até hoje, e mesmo assim temos muitas desculpas para não fazer a obra de Deus. Claro que o Senhor poderia ter desistido de Moisés, buscado outro líder para a sua obra, porém ele insistiu no seu propósito. Deus tem um propósito na sua vida e Ele não vai desistir de você! Creia e receba em nome de Jesus!

Deus sempre utiliza o que temos nas mãos.
Diferente da forma como pensamos Deus utiliza o que você tem em mãos para operar milagres. Desta forma você não deve se preocupar com o impossível, e sim com as possibilidades já existentes na sua vida. É através dela que o Senhor, e não você, irá operar e realizar o impossível. Compreenda isto: No livro de 1ª Reis, 17 o Senhor envia o profeta Elias a uma cidade chamada Serepta, onde se encontra com uma viúva. A palavra de Deus nos diz no versículo 10 (em diante) – “E ele foi. Quando chegou à porta da cidade, encontrou uma viúva que estava colhendo gravetos. Ele a chamou e perguntou: “Pode me trazer um pouco d’água numa jarra para eu beber?” 11 Enquanto ela ia buscar água, ele gritou: “Por favor, traga também um pedaço de pão”. Agora note o que acontece na sequência: “12 Mas ela respondeu: “Juro pelo nome do Senhor, o teu Deus, que não tenho nenhum pedaço de pão, SÓ UM PUNHADO DE FARINHA NUM JARRO E UM POUCO DE AZEITE NUMA BOTIJA. – Deus então utiliza o que ela tinha em mãos, “um punhado de farinha, um jarro, e um pouco de azeite” e gera um milagre de multiplicação e provisão na vida dela e na vida do profeta Elias.  GLORIA DEUS! Através do pouco em mãos houve uma grande multiplicação de provisões e milagres! Deus vai multiplicar todas as pequenas coisas da sua vida e lhe dar grandes provisões de milagres. Creia e receba em nome de Jesus!
Também no livro de Marcos 6.30-44, veremos o mesmo princípio, Deus multiplicando o pouco existente nas mãos por algo sobrenatural, além da imaginação humana até mesmo dos seus discípulos mais próximos.

Deus quer ver você utilizando o existente em suas mãos. Vamos falar um pouco sobre isto. Por favor, olhe para suas mãos e diga o que vê?

- Olho para minhas mãos e não vejo nada. Esse é o dilema encontrado pela maioria. Assim como a viúva em Serepta, mesmo tendo o jarro, o punhado de farinha e o pouco de azeite, ela entendia não possuir nada. Olhe direito! Preste bem atenção. Certamente você vai encontrar fatores multiplicadores e geradores de benção na sua vida os quais você não tinha notado ainda, mas antes é necessário eliminar os fatores bloqueadores de bênçãos.

- Olho para minhas mãos e tenho duras lembranças. Lembranças podem ser benção ou maldição na sua vida. Depende da forma como você as armazena e permite a elas atuarem no seu cotidiano. Boas lembranças trazem bênçãos espirituais e energia extra para ir adiante em todos os seus projetos. A memória constante de acontecimentos ruins, palavras de derrota ditas há muito tempo, mortes etc., geram problemas graves espirituais, psicológicos e físicos. Uma pessoa presa a memórias ruins, tem forte tendência a ficar preso à depressão.

Olho para minhas mãos e vejo uma cicatriz. A cicatriz a qual falamos não é física e sim espiritual, não é só uma lembrança e sim o resultado de um acidente de percurso, uma ferida aberta por muito tempo e que fez questão de deixar a sua marca, por vezes dolorida, para não permitir a você parar de vivê-la mesmo muito tempo depois. Amado, a cura profética, recebida através da libertação espiritual não deixa marcas, nem cicatrizes, somos renovados através do poder do espírito Santo de Deus. A palavra “misericórdia” dentro das vertentes a raiz hebraica, significa “matriciar”, ou seja, levar de volta ao ventre. Quando recebemos a misericórdia de Deus somos levados novamente ao ventre espiritual de onde viemos e nascemos totalmente renovados em espírito e graça!

- Olho para minhas mãos e vejo o futuro. Muitos pessoas não progridem por não conseguirem resolver os seus problemas atuais. Vivem na fantasia do que “poderiam” ser no futuro. Essas são pessoas endividadas, pois fazem estas dívidas, como se tivessem um dinheiro, na realidade, inexistente. Pessoas que perdem a sua santidade, pois agem como se fossem casadas e não são. Amado irmão, a nós pertence o hoje e o agora, o restante pertence a Deus.  É agora, no seu presente, onde você pode mudar o seu futuro, portanto, viver o futuro antes de viver o presente, nada mais é do que uma fantasia maléfica, capaz de gerar grandes prejuízos a sua vida espiritual.

- Olho para minhas mãos e vejo ódio. Talvez você esteja olhando para suas mãos agora, e elas estejam cerradas, prontas para socar alguma coisa ou alguém. Isto é ódio, e o nosso Deus pregou amor, perdão, paz e longanimidade. Lembre-se tudo feito por Deus com qualidade, é copiado por satanás com muitas falhas. Enquanto Jesus tenta multiplicar bençãos, satanás multiplica desgraças. Se você tiver ódio nas suas mãos é isto que o diabo multiplicará, se você tiver amor Jesus entrará em ação e trará bênçãos sobre a tua vida. Decida! O que você quer ver multiplicado?

Deus não vai utilizar o que você vê e sim o que Ele vê!
Moisés tinha um bordão, uma vara. Não era um bordão (vamos chamar assim) qualquer. Moisés foi criado como príncipe no Egito, era homem culto, conhecia a respeito das coisas boas e belas. De certo ele possuía um lindo bordão, muito mais bonito do que as “varas” utilizadas pela maioria das outras pessoas. Acredito em um bordão realmente muito especial, com pedras preciosas, detalhes especiais em couro entre outros detalhes. Aquele bordão tinha várias funções na mão de Moisés. A primeira e mais lógica: Apoio pois através dela ele poderia ficar firme nas subidas e descidas íngremes do deserto. O bordão também representava defesa e no caso de Moisés mais ainda, pois ele foi treinado em diversos tipos de artes marciais, e por fim o bordão também representava autoridade. O “bordão” de Moisés era diferente dos outros e quando as pessoas o viam, sabiam de quem era. Opa! Aquele era o bordão de Moisés, o chamado por Deus!

Deus não quer você apoiado em um bordão!
Para poder utilizar Moisés como instrumento em sua obra, Deus não o queria apoiado em um bordão. Amados! Quantos de nós nos apoiamos em “bordões” em nossas vidas: Nos apoiamos em nosso conhecimento secular e teológico, em nosso status social, em nossa capacidade verbal, e tantas outras coisas transformadas em bordões, verdadeiras muletas, nas quais nos apoiamos para poder sobreviver à agressiva sociedade que nos cerca.

Deus quer você apoiado no poder da sua autoridade.
Em Salmo 37:5 está escrito Entrega o teu caminho ao Senhor; CONFIA NELE e Ele tudo fará. Ainda no Salmo 37:39 está também escrito Do Senhor vem a salvação dos justos, ELE É A SUA FORTALEZA na hora da adversidade!

Vamos aprender com Moisés e ver como Deus utiliza o que temos em nossas mãos para nos ensinar e gerar milagres!

Em Êxodo 4.2 vemos o Senhor perguntar  O que é isso na tua mão? – e Moisés respode: “Uma vara”! 3. Disse então o Senhor: Jogue ela no chão. Amado quando Deus Jeová ordena a Moisés para lançar ao chão a sua vara, em outras palavras ele está dizendo: “MOISÉS meu filho... jogue fora as suas convicções, o seu apoio psicológico, as coisas que você aprendeu no Egito pois EU SOU o seu Deus e o seu mediador. A partir de agora é através de Mim que as coisas vão acontecer na sua vida!”

QUERIDO! Jogue fora as suas convicções pessoais, o seu apoio psicológicos vindos do homem, as coisas que você aprendeu no Egito pois o DEUS JEOVÁ é o seu mediador e somente através dEle as coisas acontecerão na sua vida!

Deus vai revelar coisas ao seu respeito que você nem sequer imagina!
Em Êxodo 4.3 está escrito ... Moisés jogou (o bordão no chão) e ela se transformou numa serpente.
- A serpente revela o nosso verdadeiro estado! Deus estava confrontando algumas coisas escondidas na vida de Moisés as quais precisavam ser tratadas; medo, angústia, ansiedade, etc. A vara transformada em serpente era Deus falando:  Veja Moisés, era isto que estava na sua mão, e nisto você estava apoiado! Perceba: Deus poderia ter transformado a vara em um rato, um escorpião, um leão, ou qualquer outra coisa, mas ele transformou em uma serpente. Por que? Porque tudo na bíblia tem significado e precisa ser revelado. Veja! (1) A serpente simboliza o pecado, e ao duvidar do poder e da autoridade de Deus Moisés estava pecando, (2) a serpente rasteja e era esta a condição da fé de Moisés até então, uma fé rastejante e não uma fé completa, (3) a serpente pode ser venenosa ou apenas trazer ferimentos, mas nos dois casos os resultados são assustadores e era isto que Moisés estava vivendo, um beco sem saída caso continuasse na sua posição de fé, ou envenenado (morto) ou machucado (com os ferimentos), (4) também a serpente troca constantemente de pele, e isto significa instabilidade emocional e espiritual. Ele teria de mudar esta condição se quisesse atuar em nome de Deus.

A atitude de Moisés
Em Exodo 4.3 está escrito ...Moisés fugiu dela!
Vamos glorificar o nome do Senhor Você porém, homem de Deus, fuja destas coisas e busque a justiça, a piedade, a fé o amor, a perseverança e a mansidão”. É isto que Deus espera de você, fuja das suas convicções particulares conforme a atitude de Moisés! Em 1ª Timóteo 6.11 está escrito – “e busque a JUSTIÇA, ou seja, a consciência plena do poder de Deus, a PIEDADE, amor ágape capaz de todas as barreiras dos seus sentimentos mais profundos, a FÉ (emuna) o poder motivador de todo Cristão, a qual deve ser inabalável em qualquer circunstância, o AMOR, não um amor humano, carnal (fileo, eros)  mas o ágape, aquele que o Senhor nos ensinou em todo o tempo e o único capaz de gerar a PERSEVERANÇA e a MANSIDÃO, exigidas a um homem ou mulher de Deus operante e certo da sua salvação.

AGORA VEJA O MILAGRE OPERANDO!
Quando você se afasta das coisas humanas o poder de Deus atua!
Em Êxodo 4.4 lemos ...(Moisés!) – Estenda a tua mão...
Lembre-se que até agora a pouco, Moisés estava fugindo da serpente, Ele não queria enfrentar a sua realidade, porém quando nós tomamos uma atitude de fé em relação a Deus as coisas mudam drasticamente. Agora a mensagem de Deus a Moisés era outra: “Estenda a tua mão”, ou seja, “Moisés, pode por a mão na dificuldade, confie e mim, não tenha medo. Você tem autoridade sobre isto!” Moisés então vai estender a sua mão. Como o bordão era geralmente seguro pela mão direita, e esta era a mão mais ágil e forte, podemos crer que esta foi a mão que ele estendeu para pegar a serpente, com todo o simbolismo o qual já falamos. Vamos compreender melhor isto: Em Lucas 6.6-10 – Vemos Senhor entrando em uma sinagoga, e ao entrar encontra um homem com a “mão direita” ressequida. A mão direita, é a mão da razão e do julgamento. Nesta passagem, o homem representa a igreja, e a sua mão o julgamento pelo qual o Senhor estava passando quanto ao curar ou não em um dia de sábado, e a capacidade do homem e discernir entre o certo e o errado. Deus então cura a mão direita do homem, simbolizando uma igreja com autoridade. VEJA! Moisés que tipificava Jesus, estava estendendo a mão sobre a serpente, tipificando o pecado! Moisés estava recebendo autoridade espiritual sobre as dificuldades dele e do seu povo!

Você pode receber esta mesma autoridade! Creia em Deus, estenda a sua mão, e receba discernimento e autoridade direta do Reino. Você não vai mais precisar de bordões, por que você mesmo vai ser o bordão! Glorias a Deus!

Deus vai lhe dar ousadia e razão espiritual!
Em Exodo 4.4 lemos...(Moisés!) – ... pegue-a (a serpente)  pela cauda!
Vamos falar um pouco a respeito disto. Diversos tipos de animais quando acuados e assustados, mostram a cauda, como forma de humilhar-se perante o outro mais forte. O PEGAR PELA CAUDA é SINAL DE HUMILHAÇÃO. Deus estava dando autoridade a Moisés para humilhar tudo o que antes o oprimia.
Hoje Deus o está chamando para pegar pela cauda toda OPRESSÃO, MEDO, DISCÓRDIA, DOENÇAS, REVOLTAS e outras aflições da sua vida, pois você tem autoridade do Reino para vencer tudo isto em nome de Jesus.

Receba o bordão da AUTORIDADE verdadeira!
Exodo 4.4 – ...Moisés estendeu a mão, pegou a serpente e esta se transformou numa vara em sua mão!
AGORA O VARA ERA DIFERENTE!
Não era um bordão bonito! Era um bordão poderoso!
Havia poder naquele bordão, emanado de Deus pra Moisés, de Moisés para o Bordão. Mesmo sendo agora, uma simples “vara” como qualquer outra era cheia de unção e de poder!
Você é um canal de benção na sua vida e na vida de sua família. Esta benção vem de Deus, passa por você e atinge os outros com bênçãos maravilhosas!

Acredite você tem nas tuas mãos instrumentos poderosos!
Exodo 4.17 – ...(Moisés!) – Leva na tua mão esta vara; e com ela fará sinais miraculosos! – Amado a sua vara hoje é esta palavra. Leve-a com você para onde for. Deus vai capacitá-lo através dela para realizar grandes obras em sua vida, no seu ministério e na sua família. Se você crer e receber, haverá milagres inesperados acontecendo em todos os planos da sua vida.

Deus vai lhe dar autoridade para enfrentar os “FARAÓS” que têm tentado afligir a sua vida. Tenha fé, persevere, ore e creia. Unção de milagres para a sua vida, em nome de Jesus!!

Pr. Altamir de Souza. Nele, por ele, para ELE!